segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

Histórias de Enconar


(cont.)
Num belo dia, em pleno Verão quente, estava Serafim, como comecei por dizer, a martelar concentradamente o pára-choques amassado de um VW carocha branco antes de o transformar para posterior venda, quando ouviu, como dizia o fadista, "por entre as tábuas toscas da barraca" que lhe fazia de oficina e de casa de morada, o som de gritos ao longe. Calculou que viessem, mais coisa menos coisa, de perto da barraca da Suzete cerzideira. À cautela, desobstruiu o ouvido esquerdo com a unhaca do mindinho da mão esquerda (e guardou a pasta de cerúmen dentro de uma lata de salsichas Izidoro para depois usar na cabeça das velas como agente vedante de humidades) e riu-se despreocupadamente. "Lá estão outra vez os maganos dos putos a brincar aos pides a torturar comunistas e outros agitadores menores!"

Acabou de martelar o pára-choques e meteu-se debaixo do carocha. Preparava-se para raspar do cárter o que parecia ser um tufo de cabelos com um bocado de carne e osso agarrados quando lhe chegou ao nariz um perfume intenso. "Olá! temos cona?", perguntou-se, e fez deslizar o carrinho de rolamentos, até que, por entre as suas pernas, lhe surgiu no campo de visão um par de pernas seguido de um cúmulo de curvas que o deixou à beira da hiperventilação. "Afinal... o Zé era capaz de ter razão e aquilo nos calendários da Pirelli são mesmo gajas a sério!", lembra-se de pensar para consigo.
"Ooolhe, o senhor desculpe, vinha ali do Largo de Carnide em direcção ao Lumiar e resolvi atalhar caminho, e o meu carro parou ali na Azinhaga do Serrado, sem dizer nem água vai nem água vem. Fartei-me de andar a pé, nem um táxe nem nada, dei cabo das capas todas, e ao fim de um bom bocado lá dei com um senhor que estava ao pé de uma horta a espremer um bocadinho de limão para dentro de uma colher que me disse que aqui talvez houvesse alguém que me pudesse auxiliar, e recomendou-me que dissesse que vinha da parte do Sr. Lelo dos rádios... Pode dar-me, ahhh...., uma mãozinha?"

Serafim, que só estava habituado a tratar com os habituais toxicodependentes ladrões de automóveis e que até da companhia das suas cabrinhas estava privado há largos meses, grisou-se todo, e se pudesse tinha saído a da oficina a gritar "Ó Tio! Ó Tio!", mas controlou o seu stress pós traumático, aproveitou uns bons decilitros de espuma que tinha na boca para mandar um serenal que tinha encontrado no chão de um Fiat 600 pela goela abaixo, enquanto discretamente apertava a falanginha e a falangeta do dedo mindinho da mão esquerda com a chave inglesa que trazia consigo só para ter a certeza de que não estava outra vez a tripar com os vapores dos escapes.

Serafim (S): 'mnina, venha aqui para a sombra que senão fica como a merda ao sol: seca."
GAJA BOA (GB): Ahhh... obrigada.
S (a rolar um palito de um lado para o outro da boca e a observar GB dos pés à cabeça com olhos de carneiro mal-morto): Deixe-me só apanhar a ferramenta e já vamos ver se tratamos do seu motor.
GB: Ahhh... obrigada.
Uma vez chegados ao local da avaria:
S: Abra o seu cápô, 'mnina, se fizer favor
GB: Ahhh... já está.
S (inclinado sobre o motor e a rolar o palito na boca): ora, 'xa cá ver... ahhhh, ahhhh, (inclina-se e escorrega num bocado de óleo)...ahhhhhn! (aterra cpom os queixos em cima dos platinados) Ora, cá está!
S: 'mnina, o seu mal é que tem um fusível solto, ligando-o, o metor d'arranque deve funcionar, ora gire lá a chavinha se quer ver...
GB: Ahhh... ai sim, fantástico, que maravilha, funciona, funciona! (Bate palmas) Como é que resolveu isto tão depressa, Sr. Serafiiiim???
S: Ora, 'mnina, a minha postura, na mecânica, tal como dantes, nas quelónias, quando ia atrás dos pretos para o mato, é só uma: ou mato ou morro! Se o inimigo vem do mato, morro, se o inimigo vem do morro, mato. Sabe como é: são muitos anos a encav... a virar cabras, 'mnina.
GB: Desculpe, o senhor deve querer dizer virar frangos, não?
S: Hã?
GB: Frangos, o que se costuma virar são frangos, e não cabras.
S: Ah, pois, se calhar era isso, era. A 'mnina desculpe, mas eu, sabe, estou aqui fechado há muitos anos - saio pouco! - e estava mais habituado a distrair-me com as cabras, e as cabras, coitadinhas, até se terem ido embora, estavam habituadas a distrair-se comigo... [suspira]. Além disso, não acha as cloacas dos frangos assim um tanto ou quanto acatitadas? E depois nem sequer são mamíferos! eu não sei, eu cá falo por mim, hã, outros terão outra openião. Já se sabe, são como tantas outras coisas nesta vida: há muitas e de todos os tamanhos e feitios!
GB: Ahhh... como???? Ai, credo, Sr. Serafim, não poooossooooo, que coisaaa! Parece que não estamos bem a falar do mesmooooo! (ih, ih, ih, ih!) O Sr. sabe que vai ter de voltar a conviver com os da sua espécie, não sabe? (Como se fosse a primewira vez que realmente olhava para S., faz um ar de gula, e olha-o de cima dos óculos de aros redondos enquanto brinca a enrolar nos dedos uma das tranças loiras) E eu, enfim, o Sr., em querendo, eu tinha muito gosto em dar-lhe boleia para a oficina e, prontos, se quisesse antes disso oferecia-lhe uma Laranjina C ou uma Cergal fresquinha. Ou então podíamos conviver um bocadinho, ali debaixo da sombra daquela oliveira, assim como assim isto é um deserto, não há ninguém à vista e eu gosto do toque áspero da casca das árvores contra a minha pele desnuda...
S: Pois 'mnina, eu oiço o que a 'mnina diz, e eu até acho que a 'mnina tem razão, mas eu estou aqui a olhar para aí, para a 'mnina e prontos, eu não sei, sabe? estou a achar que isso pode ser um tanto ou quanto complicado, sabe? É que eu estava habituado a tratar as cabras assim um bocado à minha maneira, quer dizer, à bruta e à canz... e petrás, e eu não lhe quero fazer mal, já fiz mal que chegue na Guiné, tenho ali uma mala cheia de orelhas de cafres e até de alguns bijagós dos dias em que eu trabalhava para o mal: abro-a todos os domingos antes de ir à missa do Pastor Dirceu, para não me esquecer da maldade que há no mundo, 'mnina...
GB (já a perder a compostura e o sentido das convenções sociais): Ai, Sr. Serafim, o Sr. está a despertar em mim instintos primitivos, só me apetece dizer-lhe que lhe faço tudo o que o Sr. Quiser!!!
S: A sério, 'mnina? Tudo, tudo?
GB: SIIIIIM, Sr. Serafim!
S: É muito boazinha, 'mnina....então, nesse caso, a menina leva-me à Feira da Malveira?

FIM

131 comentários:

Zeca Galhão disse...

"Como é que resolveu isto tão depressa, Sr. Serafiiiim???"

Cocas,

Como é que a puta sabia o nome do mecânico, pá? Não me lembro de ele se ter apresentado...

Reparo feito, sinto-me na obrigação de dizer, que estes excertos são porreiraços, cheios de pormenor e o diabo a sete...
Mas outra coisa não seria de esperar de uma auto-biografia, noé?
Até o nome, coirão, até o nome foi bem escolhido. Serafim, assenta-te que nem uma luva. Melhor que isso, só Eustáquio ou Godofredo...

Mal posso esperar, que postes aquele episódio, em que desafiaste metade dos "jovens" da Cova da Moura para um gangbang e ficaste três quinze dias sem poder ver um banco ou uma cadeira, com medo de fraquejares e sentares a peidola dorida.
O que a malta se divertiu com isso, cabrãozola:

"Ah e tal, prefiro ficar de pé."
"Mas Cocas, isto é um restaurante a as pessoas sentam-se, pá..."
"Deixem lá isso, ménes. Eu vou para o balcão e trinco uns coiratos mesmo ali, enquanto meto conversa com o Josué, que também é da Guiné"
Ganda maluco!


Foda-se! 3 da manhã...cona da tia!
Tenho que ir dormir, senão amanhã, chego à praia e a puta já fechou...

Fui.

Bock disse...

Galhão, mastronço do caralho, por essa lógica até tinha que escrever quando é que os coirões respiravam, não?

Ele disse-lhe o nome e 'mai nada. Não é preciso estar agora a apresentá-los, olha o caralho. Não achas que esta merda já é grande que chegue?

Quanto ao restante conteúdo de atoardas soezes e patéticas, já ias mas era trabalhar, não?

quer-me cá parecer que estás com demasiado tempo entre mãos e que não sabes o que lhe hás-de fazer.

filipa disse...

que raio de puta diz "resolvi atalhar"?
enfim.

lê-se, pronto.

Bock disse...

DE onde é que retiras a ideia peregrina de que a gaja é puta?

Bock disse...

(ou será que achas que todas as gajas são putas? era capaz de ser interessante)

Anónimo disse...

Bons dias.

muito escreve este cabrão...

Idetricarqualquercoisinhafelpuda.

chOURIÇO

Ana disse...

fosca-se, que até nas histórias os homens são uns enconadinhos que não percebem a puta de uma indirecta!

concordo, isto é auto-biográfico, só pode....

Anónimo disse...

Fim, caralho?

Uma história que prometia tanto, que encerra em si algumas convenções sociais que não são novidade nenhuma, a que se adivimha o epílogo logo a abrir, que consagra outros tantos chavões cpnhecidos, e acaba asim?

Maricas!

chOURIÇO

fininhO disse...

deves ser é doido se pensas que vou ler esta merda...

fininhO disse...

(estou à rasca pa cagar e agora não posso ir... ainda me borro aqui todo, cona!)

Bock disse...

Imprime e leva para limpar o rabinho.

Depois logo lês.

chOURAS, sim, pá.

Sim, acaba assim.

Maricas serás tu, que te envolves em comércio carnal com septuagenários incontinentes. Digamos que o comércio começa por ser carnal e acaba por ser de resíduos sólidos ou, vá lá, aqui e ali, dependendo dos casos, pastosos ou até mesmo liquefeitos.

filipa disse...

bock, claro que nem todas as mulheres são putas, que disparate. umas são cabras, outras vacas e as que não se encaixam em nenhuma das espécies acima, são anas.
e nota que não podemos meter a merda toda no mesmo saco; mesmo as putas estão divididas; as que o são por vocação, por necessidade, e as que o são mas sem a vertente lúdica.

Bock disse...

Ana, eu não sou como tu, pá.

uero com isto dizer que quando esta merda se passou eu andava provavelmente a enforcar caracóis no quintal de casa da minha avó, a arrancar asas a moscas e outras cenas que fazem putos com 6 ou 7 anos.
Já tu, devias andar a fumar ganzas nas paragens do eléctrico. Toda cheia de patchouly, especialmente nas partes baixas.

Bock disse...

Olha... filosofia de alcova?
:D

filipa disse...

deixem lá o rapaz curtir a dele.
imaginem que leva a coisa a sério e nunca mais posta nada do género?
pois é.

ó bock, é o que tu quiseres. está calor demais para me pôr a trabalhar.

filipa disse...

"Idetricarqualquercoisinhafelpuda"

AHAHAHAHAAHAHA

só agora é que vi isto.

só mesmo o chouras para me fazer rir.
(não desfazendo do teu post, bock, claro)

Bock disse...

Ah, tão cedo não posto nada do género, podes crer, pazinha.

E nunca está calor de mais para certas coisas.

Se trabalhar é ou não uma delas, isso é lá contigo.

Anónimo disse...

Mas a posta tá fish.

Só é pena o final abrupto.

Gostas de ler o Pa-seco Pereira, não?

chOURIÇO

Bock disse...

Não desfazes, pá.
Mas de onde é que vem tanta preocupação com o meu post, pá???
Seja como for, o post não era para rir, mas sim para reflectir sobre a perenidade da vida e a impermanência, e sobre como a volatilidade do desejo carnal dos homens pode ser menor do que aquilo que à primeira vista se poderia pensar.
Ou não.

Bock disse...

Foda-se, oh chOURAS, querias o quê, um lençol sobre como os gajos foram fazer marmelada para dentro do Datsun (http://bringatrailer.com/wp-content/uploads/2008/03/1970_Datsun_Bluebird_SSS_1600_Coupe_Front_1.jpg)?

O gajo curtia era as cabras, pá!

A Branquinha, sobretudo.

Bock disse...

E não, não gosto de ler esse gajo.
A bem dizer, não gosto de nada nele.

filipa disse...

mas qual preocupação, caralho?

um dia destes deixo de brincar contigo. foda-se que até me obrigas a falar a sério, aqui.
já me irritaste.

ostia disse...

"tenho ali uma mala cheia de orelhas de cafres "
hahahahaha
hahahaha
que animal !!

muito bom ,
me gusta

besitos

filipa disse...

mas qual preocupação, caralho?

um dia destes deixo de brincar contigo. foda-se que até me obrigas a falar a sério, aqui.
já me irritaste.

ostia disse...

perdona si no era para rir, solo he reido en esa frase


lo juro

Bock disse...

Ah... Filipa, não percebi, importas-te de repetir, sff?

É porque derivado às exostoses custa-me a ouvir.

Ana disse...

Pipona, claro que as gajas decentes, as Anas desta vida, não se encaixam no perfil de vacas nem putas nem cabras.

ahahahahah, se não estivesse tão fodida desde ontem, era gaja para me rir, mas só me apetece é desancar em alguém. olha pode ser no fino, mal por mal ele já é fino mesmo...

Bock, mailóve. nem sei o que é patchouly e ganzas só fumei uma unica vez na vida e já tinha p'raí uns 19 anitos... se calhar fiz mal, devia ter fumado mais umas mas olha, prefiro curtir tudo bem consciente. mau feitio meu...

fininhO disse...

desanca-me oh putAna...

Bock disse...

Calca-lhe as ervilhanas com a camada espessa e áspera de peles mortas do calcanhar.

filipa disse...

já que falas nisso, ana, estás bem fodida, estás. mas isso, agora, não interessa nada.

(o não te encaixar, nem nas putas e nem nas vacas, não quer dizer que te esteja a enfiar nas sérias, burra. quer dizer, tão somente, que não te pareces com nada. agora ri-te lá à vontade)

filipa disse...

bock,

"um dia destes deixo de brincar contigo"

diz lá qual é a parte da frase que não entendes para explicar. de novo.

fininhO disse...

popota, já chupaste o clito à putAna?

Bock disse...

Não te irrites, pá. Esta merda são dois dias.

Coninhas. Eu não disse que não entendi, mas sim que não ouvia bem, derivado às exostoses.

Ana disse...

FINO, FAXAVOR SENHOR PUTA! sim tou a gritar.

Pipa, mesmo forçando-me muito, hoje não consigo rir. nem de mim, que não me pareço com nada nem lembro ao diabo!

fininhO disse...

senhora PUTA mazé a cona da tua tia... PUTANA do caralho e mai nada!

filipa disse...

"Ah... Filipa, não percebi, importas-te de repetir, sff?"

ah, foda-se, então se percebeste, fico muito mais descansada.

parvo!

ana, tivesses feito o que te disse ontem e estavas mais zen. agora, aguenta.
puta.

fininhO disse...

popota, chupa-lhe o clito...

filipa disse...

estava aqui a pensar que se me dá para filosofias de alcova, mas para os gajos, estou fodida.

em que categoria hei-de enfiar o fino?

larga-me, pá. não gosto de ti.

fininhO disse...

mete-lhe a lingua no cu...

ostia disse...

tu finocchiO deslarga a menina que está el caldo entornando

tendre que ir a darte duas ostias?
não biste, oh insensible do cara***?

Bock disse...

"É porque derivado às exostoses custa-me a ouvir."


Irra, que é saloia!

Parvo é os tomates, hã!

Fininh0 anatomista.

fininhO disse...

ostia, vira a ratita pra cá, vá... dá-ma



(aquilo não são meninas, pá... são duas fufalhonas do mais ordinário que há... e como tal é tratá-las abaixo de cão)

Bock disse...

fin0, estás tenso.
E se te fosses aliviar os lavabos? Assim tipo pintar azulejos, e tal?

fininhO disse...

já pintei, cona... já tá tudo castanho lá em baixo. Agora só depois de almoço... popota, queres vir ver-me a cagar logo à tarde?

ostia disse...

finO vai arrancar as hervas das cunetas que eso destensa.

ostia disse...

nunca vi, nem ouvi falar de pessoa que "obre" tan a menudo

te vas a consumir

fininhO disse...

porque é que pensas que sou o fininhO?

filipa disse...

"aquilo"...

fufa, ainda vá que não vá, agora "aquilo"?...

pá, ó fino, ando-te cá com um pó que nem sei.

fininhO disse...

pó! foda-se! ainda por cima agarrada...

Ana disse...

Pipa, em que categoria hás-de meter o fino?

assim, de repente, e não pensando muito sobre o assunto (até porque ele não merece), que tal enfia-lo pela sanita abaixo? é que a merda deve ser posta no sitio certo, verdad?

ostia disse...

vou al moçar

kyrieléison

fininhO disse...

.....................................................

fininhO disse...

não é preciso pensar nada, passo o tempo a chafurdar em latrinas...


anAputa queres vir com a popota ver-me a cagar logo à tarde?

fininhO disse...

.....................................................

fininhO disse...

Cabeças de Carneiro Assadas no Forno


Ingredientes:

cabeças de carneiro
sal
pimenta
3 dentes de alho por cabeça de carneiro
vinagre
banha

Confecção:

Lavam-se muito bem as cabeças de carneiro e tiram-se-lhes as ranheiras (narinas).
Colocam-se numa assadeira de barro e barram-se com os dentes de alho pisados com sal grosso.
Polvilham-se com pimenta, barram-se com banha e regam-se com vinagre.
Levam-se a assar no forno virando-as e regando-as com o molho que se vai formando.
Para que os miolos, que é a parte mais apreciada, fiquem bem passados, as cabeças têm que ficar muito bem assadas.
Servem-se quentes ou frias.

*Petisco muito apreciado por homens.



Sei que é receita repetida... mas é o que me está mesmo a apetecer.

Anónimo disse...

Afastem-se que eu vou dar um peido!

Óscar disse...

Olhá!

Anónimo disse...

Nem queiram saber o que me tenho rido com o despautério que para aqui vai.

Ah, caralho, que maluqueira!

Só falta aqui o AdaS com as suas famosas «barrigadas de meita».

Ah, e, claro, o puto a querer engatar uma gaja para experimentar como é.

chOURIÇO

Óscar disse...

clhOLHIÇO, tlhás clhom muitlha mlheita nlha baglhiglha?

Anónimo disse...

O calhalho!

Lhé o qulhe tlhu tlhens empalhalhedo nho theu blhaixo-vlhentrlhe.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Foda-se, que não sei falar óscariano, caralho.

chOURIÇO

Bock disse...

O que tu queres sei eu, paiOLA.

E vou-te dizer o que é já de seguida: Levar na ampolha com uma farinheira de gentio enquanto rezas um Padre Nosso ao contrário e encomendas a alma e o cu a Belzebu.

Ou a Satanás, tanto faz.



A chuva no nabal
cai copiosa
já não acaece tal
No parque da 'Gorongosa

A suar na eira,
Vi-a ao sol
Era uma gaja mineira
Será que engol?

E de repente, uma explosão
será gás, seria grisú?
Plo sim plo não
Parti-lhe o cu

Ah, porco! que me rasgastes
Gritava em êxtase a cadela!
Pscht, calas-tes
Qu'inté pareces uma vuvuzela

E assim fomos confraternizando
enquanto o dia passava
De noite levantou-se um pé de vento
E ela como se nada fosse, mamava

Já passava das onze e tava calor
Mamava, mamava e voltava a mamar
E eu, feliz com'um doutor
Fazia por não a asfixiar

Lá para o aproximar da alvorada
Continuava a mamadela
Ela parecia estar cansada
Aspergi langonhenta esguichadela

Inda mal tinha nascido o dia
Já me estava a mostrar a rachadura
Oh, caralho, cona tia
não há fome que não dê em fartura

Anónimo disse...

Cocas, pá,

Foste ao mato na Gurungosa
Em busca do que te satisfizesse
Papaste uma puta ranhosa
Vieste com a barriga cheia d'almece

Não era puta a gaja tal
Nem passarinha tinha, a gordurosa
Passaste por anormal
Porque comeste traveca manhosa

Do meio das pernas lhe pendia
Um par de tomates e um pepino
No cu levaste e tanto ardia
Que ficaste doido, perdeste o tino

Mas passaste a gostar ainda mais
De homens de barba rija e pau alçado
Dessa não te safam nem os teus pais
No cu levaste, foste enrabado.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Plim-plim!

chOURIÇO

sandro disse...

SCHLANG!

Anónimo disse...

Olha, deixou cair um guindaste do cu...

Apanha lá isso e mete para dentro outra vez, que estamos fartos de pestilência, cona.

chOURIÇO

Bock disse...

Tá calado e bem calado
oh filho de Saduceus
queres é ser enrabado
Por Júpiter e por Zeus

Bastam duas gotas de ambrósia
E a qualquer um dás o recto
Rodou toda a cidade de Nicósia
O teu cu insalubre e infecto

Homens, porcos, cavalos e burros
Foi um fartar vilanagem oh cabrão
gritos,grunhidos, relinchos e urros
De tudo se ouvia durante a função

Só tu é que estavas de boca calada
caladinho como se cagasses um pé
Também com tanta mamada
Não podias gritar, não é?

Engolias cimitarras, sabres,espadas
De nobres cavalheiros de Cedofeita
Que, como diria o Adas
te ofereceram barrigadas de meita

Bock disse...

Vai bscáreeee!

Bock disse...

Sixty Nine!

Óscar disse...

mhuitlho bhonitlho... blhoque, shabelhes canltalhe?

Bock disse...

Não sei, Óscar, desculpa.

Canto muito mal.








Pelo menos tão mal quanto tu falas, ANORMAL DO CARALHO!!!

Óscar disse...

eulh slhei canthlar e nhão slhou nelhum analhormalhal... AIL O CALHALHO!!

Bock disse...

Ai não és? Ai não és?


Então diz lá isto oh cabeça de nabo:

"Eu, Óscar Saraiva Spínola de Calhelhas Calhau da Calhandra de Cernancelhe, sou capaz de escrever esta frase de nhanha de tal guisa a que todos a percebam"

Óscar disse...

"Eu, Óscar Saraiva Spínola de Calhelhas Calhau da Calhandra de Cernancelhe, sou capaz de escrever esta frase de nhanha de tal guisa a que todos a percebam"




flhiz uml cloplhy plhastlhe

Bock disse...

na-na-naaaaa!!!!!!

Assim não vale, oh palhasse!!!!!

Óacar disse...

valhe, valhe... vrlhummm

Bock disse...

Vamos lá a ver se tu percebes esta merda, Óscar. Vou dizer muito devagarinho:


Vlh-alhe o ca-lha-lho é q-lhe vlh-alhe!


plh-erlh-schlh-blhes-tshlhes?

Anónimo disse...

Há gente muito gay da cabeça, caralho.

A cabeça das orelhas, claro, que da outra não tenho conhecimentos.

chOURIÇO

Anónimo disse...

E eis que termino o meu dia de trabalho.

Até amanhã.

chOURIÇO

g2 disse...

O pormenor do "até gastei as capas todas", diz bem da tua sabedoria sobre essas coisas, diz que tu, quiçá às escondidas do comum dos mortais, andas de salto alto, pões um avental cor-de-rosa e escreves estas cenas. Que alguém já disse serem auto-biográficas, não sei se são, se não, tu me dirás...

Mas escusavas de pôr o FIM, cona, havia aí muito a desbravar, na Feira da Malveira há muitos recantos, como tu muito bem sabes.

Bock disse...

Não sei não senhor.


Já não és o puto que eras, mas ainda és novinho qb para ires a tempo de te emendar. Quero com isto dizer que te deves assumir. Pára de projectar desejos, essa merda vai-te trazer um mau karma, puto.

Bock disse...

Realmente, Às verzes penso que o escape, a poluição mental que aqui se larga é muito.

As caixas de comentários da Vara deviam receber a Ordem de Mérito.

Não fosse esta imiundície mental ser largada aqui, seria então largada onde? E com que negfastos efeitos para a comunidade?

Ah, pois é.

Que é como quem diz, esta merda é com cada janado que até mete medo.

Bock disse...

E eu mando com cada gralha que mete medo ao susto.

Bock disse...

E eu mando com cada gralha, que mete medo ao susto.

Foda-se.

Anónimo disse...

Bons dias.

Estou desgostoso em relação ao im da tua historinha, Cocas.

Prometia tanto e máta-la assim, sem mais.

Devias investir numa continuação.

Pá.

Idelimparfluídosvagonaiscomalíngua.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Foda-se.

*Fim. caralho.

**E Idelimparfluídosvaginaiscomalíngua.

chOURIÇO

Bock disse...

Olha o caralho, e porque não a continuas tu, han?

É um recto que te lanço.

Anónimo disse...

Já desconfiava que tu andavas a dar o recto a quem o quisesse usar.

Foda-se, pá, que isto aqui, isto aqui, não passa de uma cambada de ladrõ... paneleiros, invertidos e brochistas.

Quem quiser, que lhe pegue.

chOURIÇO

Bock disse...

.... menino!


Não te queres cobrir de glória
E receber do escritor a coroa
E em vez de continuares a história
ficas a levar no cu até que doa

O mal é que nunca lá se chegará
Oh grande roto palhaço
Pois para te doer a pá
tinhas de ter o cu menos lasso.

Anónimo disse...

Cocas,

Nas tuas coisas ninguém pega
Nem que as ofereças na nete
Tu queres é levar uma esfrega
E que te chamem Suzete

Tás metido nisso até ao pescoço
Um enorme pau no recto é o que tu queres
Mas ficas a roer um osso
E não te dás com mulheres

Maricas, não passas de um maricas
Paneleiro, invertido e roto
Não gostas das belas cricas
Preferes engolir e dar um arroto

Mais tempo eu tivesse
E percebias como é bom papar uma tipa
Assim ficas com a barriga cheia de almece
E cheio de dores na tripa

chOURIÇO

Bock disse...

Conversa de chacha
é a que tu me dás
vê lá se trazes uma pachacha
não, o que tu queres é levar atrás

Este tema tá a ficar gasto
É só calúnia e difamação
Se fosses um nadinha mais casto
Duravam mais as costuras no bujão

Mas quais quê!
Só queres é regabofe
do BE ao PP
de todos levas no bofe

Até na charcutaria
(só para cavalheiros educados)
Foste catado a fazer porcaria
Com o moço de recados

Foi o moço despedido com causa
E tu fortemente desancado
Será que fizeste uma pausa?
Quais! Até pediste p/ ser violado!

E assim aqui estás
com essa cara de bolacha
continuas a levar petrás
e nada da tal pachacha

filipa disse...

que bonito.

e original, também.

Bock disse...

Poderá ou não ser original
Mas não metas a colher
Não leves a mal se disser
CALA-TE MELHER!

Bock disse...

Enfim. Tal e coiso, há ali algo trocado.

filipa disse...

ahahahaha

"não leves a mal se disser"

este bock tem cá uma gracinha.

Ana disse...

e uma postita nova, hein?

Anónimo disse...

E o fin0 Modess?

Ou o finess.

Cadê o gajo?

Ana, pá, vai pedir postas de pescada ao Mercado da Ribeira.

Aposto que te sentirás em casa.

chOURIÇO

Ana disse...

xé xouriço, pr'aquê essa crispação toda comigo????

tanganizi que eu sou uma gaja sensivéu!

filipa disse...

larga o chouriço, ana.

Ana disse...

já deslargueio...prontos...satisfeita?

fininhO disse...

“Estava apenas a tentar divertir-me”, disse Eddie M. Campbell, de 61 anos, depois de ser detido pelas autoridades da Virgínia Ocidental (EUA), por ter sido apanhado a fazer sexo num parque de estacionamento com...uma boneca insuflável.

Bock disse...

O teu avatar é lindo, Fininh0.

tiagugrilu disse...

Olha tá bôua!

Dum dum mobile disse...

Silly season ou silly siso, andais mazé a apanhar demasiado sol na moleirinha!
Ah, canícula dum raio!

ostia disse...

jopé ,
pepito grillo !!!

ostia disse...

I won’t have to work no more
and if I ever lose my eyes
If my colours all run dry
yes, if I ever lose my eyes

fininhO disse...

dá-me o teu olho, dá...

fininhO disse...

o gugrilu é o novo namorado do Bock... panasca do caralho!

Bock disse...

Mau.... queres partir para a ignorância, estou a ver.
Rabeta do caralho és tu. Já goste cagar hoje? Estou em crer que, com esse azedume, ainda não largaste lastro.

Vai lá, vai.

E não te olvides: levas a posta impressa, limpas a bufa, e depois lês. Finalmente, assoas-te.

filipa disse...

pá, ó bock, já que falas em merda, porque é que não aproveitas e postas uma cena das tuas?

(ahahahah. foda-se, estou mesmo engraçada)

ostia disse...

o finO para hacerse las fotos mas inverosimiles y raras haciendo kk ,
é capaz ate de pasar calor metido nese fato de lunatico

jopé disse...

olha finO,
tu ja reparaste que não é lo mismo ir a cag** por voluntad propia o necesidad, que que te amanden ?

Bock disse...

Foda-se, volta o disparate a cena.

Ide c'o caralho.

já farta, arre porra.

fininhO disse...

...

fininhO disse...

... e VVVRRUUMM

Bock disse...

Vais de culna, tou a ver.

Vai com zeus, meu bom rapaz.

Anónimo disse...

Os travestys vão dominar O MUNDO!

g2 disse...

É um recto que te lanço..."

Fodassse, que é de mais...

Mas pá, até que nem era mal pensado, se trocarmos o teu recto (blurghhh...) por repto...

chÔ-chÔ, aceita, pá e escreve lá. Podemos também dizer à ostia que escreva, dado que ela já sabe todos os palavrões em português.

E as duas (fufas?! alguém disse, será verdade?) Ana e Fili-pita, também podem escrever, mandam os escritos para o seu querido fin0 e ele, gentil como é, publica!!!

Aqui fica o REPTO, paneleiraje...

booberella disse...

Estou farta de bules, de trabalhar, de sair daqui já de noite e de não ter tempo para polir uma ou outra esquina como grande parte de vós faz aqui...

Bah, e daí também não perco nada, pois não? :P

Vejo que estão todos bem por aqui e isso é o que importa. :)

J'ai Deux...... :)

filipa disse...

ai o caralho.

Anónimo disse...

Boobies, pára de te queixar e de chamar nomes aos outros e vai esfregar escadas.

Pepina, entalaste-te?

chOURIÇO

Anónimo disse...

Queres ser entalada?

(Na ausência de resposta à pergunta anterior...)

chOURIÇO

filipa disse...

não, chouras, não me entalei. é o f2 que insiste na puta da conversa das fufas, pá.
posto isto, não sei se não será melhor responder à tua segunda pergunta.

Anónimo disse...

E então?

Aqui toda a gente se trata por paneleiro e ninguém se aborrece muito...

chOURIÇO

filipa disse...

ah, mas podem-me chamar o que quiserem. desde que não ponham o meu nome coladinho ao da ana, é na boa.

Anónimo disse...

Pronto, percebo-te perfeitamente.

chOURIÇO

g2 disse...

Mas eu não percebo, explica-me lá bem isso, chOURIÇO, se não aqui, ali!

BuBu!!! :))

Anónimo disse...

Não sejas maricas, puto.

É o que tenho para te dizer.

chOURIÇO

g2 disse...

Mas eu não sou maricas, pá...

Ora pergunta lá à fili-pita, por mor de tirares as dúvidas!!!

Anónimo disse...

Até amanhã.

Só te digo uma coisa, puto (dejá-vu...): isto não é um berloque de engate, caralho.

Até amanhã, foda-se.

chOURIÇO

Bock disse...

Quem foi o ou a doente que aqui veio parar por andar à procura de "zoofilias com mulheres"?

Tem um IP que acaba em ***.**.243, alguém conhece?