quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A universalidade da esquisitice

Isto é esquisito. O país onde estou agora é esquisito; esquisito tal e qual como o nosso; esquisito na mesma medida daquele onde estive antes. Há aqui a mesma falta de sentido em algumas coisas diferentes. É mais um dos grandes traços de “união” da Humanidade: vivemos todos em sítios que são esquisitos. Até o próprio fenómeno urbano é esquisito, profundamente esquisito tanto na génese como nos resultados. Mas isso não é para aqui chamado. Isto é sobre esquisitices mais sociológicas.

O país onde estou agora é obcecado por rankings e pelo lugar que neles ocupa. Não há aqui o nosso prazer masoquista e comezinho de pensar de imediato em “deixa ver quão mal é que estamos”; não. Esta gente quer ir para algum lado (mas não lhes perguntem para onde...); quer subir; quer crescer; quer ser melhor que os outros – o que é sempre puramente ilusório, claro, mas que lhes faz ter um ânimo e um dinamismo que lhes permite mesmo ir subindo nos rankings a um ritmo vertiginoso. Subindo por decreto, algo que aqui ainda resulta. Configura-se assim aquilo a que os estrangeiros chamam uma “profecia que a si mesma se recheia” ou, na expresão que eu prefiro, o rebentar das águas de uma gravidez histérica.

Um dos mais recentes rankings mostrava que as crianças neste país dormem menos que as crianças de outros países onde há pessoas a trabalhar para Institutos que perguntam aos pais quanto tempo é que os filhos dormem. Dormem muito menos, estes; estudam bastante mais – e os pais estão orgulhosos... Orgulhosos porque os filhos não têm uma “infância” como estamos habituados a pensar nela; porque os filhos são “criados” por escolas depois de escolas que os preparam para a selecção pelas melhores escolas que depois poderão resultar em bons empregos. É um fenómeno cada vez mais espalhado, é certo; o que me pareceu esquisito foi o orgulho dos pais. Pais que devem comentar com os vizinhos “o meu mais novo tem 6 anos e, olha, pouco tempo tem para dormir, entre as aulas normais e as da escola privada...”, em verdadeiras competições de “o meu dorme menos do que o teu”.

A pressão pelo sucesso no ensino firma-se, claro, na meta da Melhor Universidade, onde depois se poderá descansar um bocadinho e dormir mais uma hora ou duas. O que interessa é sair da Melhor Universidade com um título que tenha o devido valor no mercado de trabalho mas, mais importante que isso, que tenha o devido valor no mercado do matrimónio. Sim, mercado, porque de contratos se trata, em moldes não muito diferentes do mercado de futebolistas. Em termos simples: um genro médico ou advogado vale mais que um genro com outras profissões. Suponho que se utilizem complicados logaritmos envolvendo variáveis como o rendimento mensal esperado, a monetarização do ‘prestígio social’ e, do lado negativo, a orçamentação de quanto se gastará no entretenimento de colegas e clientes. Seja como for, o facto é que um noivo médico ou advogado está aqui no direito – é mesmo essa a expressão – de exigir aos futuros sogros um automóvel ou um apartamento por mor da graça concedida em lhes salvar a filha do solteirio. Constata-se, também, que a inversa não é verdadeira: uma médica ou uma advogada vale tanto como as outras, pouco mais que nada, sendo as filhas, nos termos frios destes contratos, aquilo que se quer tirar de casa e deixar à guarda de outro, na grata expectativa da procriação.

Que a culpa é delas!... Assim o dizem os jornais, pelo menos: a natalidade está a descer, a descer como um membro viril na água gelada, e o gelo são elas que o fazem. Elas, essas, essas valdevinas que preferem estudar e fazer qualquer coisa à laia de profissão que não ficar em casa a fazer as contas ao ciclo menstrual. Essas porcas sem voz no ventre, que não sentem o apelo da maternidade nem do matrimónio, são elas que têm a culpa. Ainda pensei que houvesse um ou outro remoque à tibieza dos varões e à sua renitência em, como diria Américo Lopes Precatado, “pregar com elas no chão” e darem corpo a uma versão mais musculada do anjo anunciador – mas não... Não, os varões são uma ínclita geração desfavorecida, referências apenas feitas aos pobres mancebos campesinos que, confrontados com a pesporrência das reputadíssimas porcas que não querem casar nem sujar as alpercatas no árduo trabalho da lavoura, se vêm forçados a contratar esposas estrangeiras, tornando-se assim em verdadeiros União da Madeira com brasileiros em barda. Só que aqui são da Tailândia e Vietname, reforços de segunda comprados por tuta e meia no mercado de inverno e condenados à condição de eternos suplentes nas afeições (caramba, que bonita imagem!...) e ao treino intensivo nos arrozais.

Isto é esquisito. Mas não mais esquisito que as nossas esquisitices. Os arranjos em que vivemos são esquisitos em todo o lado – talvez porque insistamos em chamar vida à palhaçada (e demiurgo ao José Fanha?... foda-se!!).

136 comentários:

Anónimo disse...

Que esquisito, vareta-man!

Bons dias.

chOURIÇO

Bock disse...

Mai logo já cá venho ler este lençol do camarada Vareta.
Ai, porra, camarada não, que ele está a Sul.

Por ora era só para desjar os bons e frescos dias e para mandar o chOURIÇO levar no cu, claro.


chOURIÇO: vai levar no cu.

Anónimo disse...

Cocas, vai levar no cu, claro.

Ou melhor, vai levar no cu de um preto.

Escuro, claro.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Vareta-man, pá, acabei de ler o teu texto, pá, e uma vez mais, pá, excedeste-te!

Gosto da tua análise social e o apodo de «porcas» às semnhoritas que preferem a carreira e foderem sem procriarem do que serem umas boas mães-de-família.

Porcas!

Rebons dias.

Idefazerfilaparameteremopiçonorabodococas.

chOURIÇO

fininhO disse...

"Ide-fazer-fila-para-meterem-o-piço-no-rabo-do-cocas."

Caralho! com paneleiradas destas nunca mais subimos no ranking!

E mamas Vareta?

g2 disse...

Bela e oportuna posta, caro Senhor da Vareta Funda. Gostei particularmente da referência aos arrozais. Orizicultor uma vez, orizicultor toda a vida, é ditado bem verdadeiro.

E vós, caros paneleiros, já vos haveis enrabado à maneira?

Bons dias..

fpm disse...

Grandes porcas, com certeza acham que é esquisito levar no pito.

chOURAS: Já está?

Anónimo disse...

Eu disse para V. Ex.as irem fazer fila - ou bicha, que é mais apropriado para o vosso caso. Eu não me meto nessas confusões sexuais em que vós sois peritos.

Gêputo, pá, bons olhos te leiam.

E dia 29 já passou, hein?

chOURIÇO

fpm disse...

"E vós, caros paneleiros, já vos haveis enrabado à maneira?"

Disse o gêroto...


"Gêputo, pá, bons olhos te leiam."

Respondeu o chOURAs...


Need i say more??!!


Pázinhos, duma vez por todas - DEIXEM-SE DE PANELEIRICES, CARALHO!

g2 disse...

Pois passou, amigo, mas o tempo estava tão mau, que não deu para nada.

Agora vou ver se os trago a vocês todos aqui ao Gerês...

Um abraço e outro para ti, FPMzinho ciumento.

fpm disse...

E ainda tem a lata de falar no tal dia 29, dia esse em que o gêgê lhe esmifrou a peida... E um gajo sujeito a ler estas merdas...

Pastor do Marão disse...

sim mor, diz, diz........

fpm disse...

sandro, vai prá puta que te pariu...

Anónimo disse...

Cheira-me a ataque do sandrine...

FêPêMê, pá, deixa de fazer enredos paneleiros que só acontecem na tua tola (a de cima- quanto à de baixo, não sei onde é que andas a meter essa merda e não me interessa, desde que não te aproximes de mim).

Ah, pá, o fin0 é que tem razão: como é que havemos de subir no ranking com esta conversa de merda?

chOURIÇO

fpm disse...

Por falar em conversa de merda, vou mazé cagar que o Sr.Castanho já está a bater à porta.

Anónimo disse...

Essa fez-me lembrar a cena dobrada da Floribella, ou o caralho que a foda.

chOURIÇO

fpm disse...

ya, eheh.

(foda-se, este chOURAS tem cá uma memória...)

Anabela disse...

Olá a todos!

Têm aqui belos textos neste novo ano. Estão de parabéns.

fpm disse...

Anabela... coiso e tal?

Bock disse...

Qual cena da floribela, cona?

alguém em explica porque é que os gajos muito, muito, muito, muito, muito, mas assim mesmo muito, muito, muito, muito, muuuuiiiiito paneleiros têm uma memória tão prodigiosa, caralho????

Das duas uma: ou é da meita absorvida pelo intestino grosso ou então só pode ser da que é absorvida pelas papilas gustativas!

fpm disse...

Pá, não percebo nada disso...

Sandro disse...

èfe, se não percebes,



































CALA-TE, CABRÃO! deixa falar que percebe.

Anónimo disse...

As coisas de que este gajo se lembra. Que memória prodigiosa que tu tens, Cocas!

Mas, para dizer a verdade, esse deve ser um comportamento que tu tens com frequência, pelo que não deve ser difícil lembrares-te por onde absorves a meita e desenvolveres uma teoria à volta do facto.

chOURIÇO

fpm disse...

Linda conversa a vossa, foda-se...

OLHÓ RANKING, CARALHO!

Assento da Sanita disse...

Coitados. Mas a solução é simples: basta comerem ainda mais ginseng e é ver os machos esquisitos desse país desatarem a esfuracar à valentona qualquer orifício que se lhes assome á frente. Ora essa; até parece... Alvíssaras Vareta, mom. Saudações extensivas aos restantes homens sexuais e galdérias.

fpm disse...

Eu falo pelas galdérias (pediram-me...):

Obrigado, Adas! Sim, somos umas galdérias, obrigado. Quando estivermos contigo vamos abocanhar-te como nunca foste na vida. Somos umas porcas e umas putas, mas com muita honra! Isto é uma arte!!! O fpm (esse pissalhudo maravilhoso!) vai-te entregar esta mensagem que espero que te encontre em plena forma para nos poderes dar imensas fodas, apalpões nas tetas e lambidelas. Sempre que quiseres, meu matulão badalhoco (como nós gostamos)!
Beijos nessa pissa e até breve!

sempre tuas (e do fpm...),

Galdéééérias

fininhO disse...

OLHÓ RANKING!


O primeiro que a partir de agora disser uma asneira, é porque quer ser SODOMIZADO pelo Motumbo ao mesmo tempo que faz um FELATIO ao Campino.

fpm disse...

fino, vai levar no ÂNUS.

sandro disse...

caralho!

Bock disse...

foda-se!

Anónimo disse...

Puta que pariu!



chOURIÇO

Anónimo disse...

Foda-se, pá, eu teria nojo de assumir o papel das galdérias e de escrever o que escreveste, FêPêMê, pá.

Olha, fin0, mete o ranking e o Motumbo no cu e depois vem cá dar uma definição do que seja uma «asneira».

Asneira foi a falta de cuidado que os teus pais tiveram naquela noite e de que resultaste tu. Era a isto que te referias?

chOURIÇO

fpm disse...

Foda-se, chOURAS, tinhas vergonha disso e não tens vergonha que te chamem banco de esperma?????? É com cada uma...

fpm disse...

E não tens vergonha de ter conta naquele banco holandês?

Anónimo disse...

escusado será dizer que a bardajona que anda a usar o meu nome em vão na tentativa - baixa, é certo - de fazer humor, não é a mesma pessoa que eu sou.

E digo «puta que o pariu», já agora, porque acho um enómio apropriado aos apropriadores de níques alheios.

Foda-se.

chOURIÇO

fpm disse...

Não digo mais nada...

ostia disse...

volta para aqui menino, que esos pueblos seran esquisitos pero exquisito de verdade é um pastelito de nata e un café


p.s: esta um friosalho del ca*****

fpm disse...

...rallo?

fininhO disse...

Tá bem pronto... ide todos chupar na vulva das vossas queridas mãezinhas.

fpm disse...

Chupar numa viatura nórdica?????

Assento da Sanita disse...

Ou nos cancros duros do recto dos vossos papás transformistas.

Anónimo disse...

Não falei em «vergonha», falei em «nojo», mesmo. Que parece que é uma coisa que tu não tens, de escrever que abocanhas este e aquele e que fazes isto e aquilo à piça do outro.

E, aparentemente, também te dedicas ao contorcionismo e à auto-felação. Mas por essas habilidades tens o meu aplauso, porque não é todos os dias que se vê um Marilyn Manson em potência.

chOURIÇO

fininhO disse...

e tu ostia, abocanha-mo.

fininhO disse...

sim, sim, na cona das vossas mãezinhas...

fininhO disse...

(Caralho! eu tentei)

fpm disse...

Pois, tentaste e perdeste-te, não foi? Para a próxima leva um GPS!

fpm disse...

Nem te respondo, chOURAS, deprezo-te.

Sandro disse...

Assento, vai clonar a cona à tua prima, cabrão do caralho! onde já se viu, a clonar-me! A MIM!

Anónimo disse...

Desprezas-me como desprezas os seres humanos do sexo feminino.

Tá tudo dito.

chOURIÇO

fpm disse...

AHAHAHAHAH!!

Pastor do Marão disse...

o éfe ri assim quando começa a sentir a cabeçorra do meu cajado

Anónimo disse...

Não te rias tão alto que assustas o ranking, pá!

Coerente do caralho, cona.

chOURIÇO

Sandro disse...

èfe,
































































És um pândego!

Assento da Sanita disse...

Sandro, mais uma vítima nuclear, uma casa no meio da cidade onde só se contavam histórias de...realidade, Sandro (bis)

fpm disse...

ahahahahah

Assento da Sanita disse...

Oh refulgente e dorido esfíncter!
Que ao inverso acto venal
Sucumbes ao sordido mister
E preparas o enxoval

Vai ser no santantoninho
O 'nó' com um bombeiro
Foras tu também com o padrinho
É só mais um paneleiro.

Adopta o pretinho ranhoso
Que inala gasolina
É pobre e tuberculoso
E veste-se de menina.

De semana não lavas o cu
E fumas o teu craquezito
Mas ao domingo comes tofu
E não queres saber de pito.

Roubou-te o teu filho
Soutiens e cuequinhas
Para vestir, 'ai que sarilho!'
Os pinheiros têm pinhas.

Os pinheiros têm pinhas
Os sobreiros a cortiça
Rebentas o cu a galinhas
Que se te borram na piça.

Ó minha Nau Catrineta
Ó barquinho de Portugal
Vou bater uma punheta
Vou cheirar um animal.

Vou ejacular no bidé
E lamber a piassaba
Cheira o filho a chulé
Só por isso não se enraba.

Anónimo disse...

Isso, AdaS, vindo de ti que és todo a favor dos gays e dos direitos destes (não, não estou a falar dos paus direitos...) é profundamente discriminatório.

Quem diria que no melhor pano cai a nódoa...de esperma homossexual.

chOURIÇO

Assento da Sanita disse...

Cão raivoso, tira as remelas dos olhos.

Anónimo disse...

tu finO nao me digas mas asneiras que yo tambien puedo entrar no ranking de burrices, jumentices, asnices o como se diga

e mesmo ficar por diante de voces





viva la gente
la hay donde quiera que vas
viva la gente
es lo que nos gusta mas

fininhO disse...

Nã digo o quê????

Enquanto não deres a bufa não descanso...

Bock disse...

É que na bufa ... é um descanso.



fininh0, tens feicebuque?

ostia disse...

daselo tu a ver si descansa

el feiusbuc digo..

:-)

fininhO disse...

não, não tenho facebroche...

Bock disse...

Então arranja, filho de uma cadela rafeirta sarnenta e tinhosa e de um palafreneiro alcoólatra, sodomita de galinhas e que apreciava praticar a podolatria com trabalhadores rurais que laboravam com botas cardadas e 2 pares de meias de lã, ao fim da jorna no último dia antes do banho quinzenal.

Dum Dum disse...

Também haverá o Assbook?

Bock disse...

"Os arranjos em que vivemos" é uma expressão... desconcertante, pá.

Bela posta, Vareta.

Anónimo disse...

O que tu pretendes dizer, Cocas, é «belo naco», que a gente já te conhece.

Bons dias.

Ideouvirfadinhosenquantodaisusoàsvossasbocas.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Clara Pinto Correia mostra orgasmos em imagens

Os dela. Yuck! Ainda se tivesse sido enquanto era mais nova...

chOURIÇO

fpm disse...

O Adas em grandes rimas, ahahahahah.

A CPCorreia é uma grande putona, copiona, vacalhona e esporradona.

Anónimo disse...

Disso tudo, pá, só não percebi uma coisa: copiona?

Elabora, se fizeres o obséquio.

chOURIÇO

fpm disse...

Essa não a tal que copiou um artigo inteirinho do NYpost? Ou foi a puta da irmã?

fpm disse...

Ou não será essa a mulher do paneleiro cabeludo dos Trróófffssss-vante?

fpm disse...

(CSI chOURAS em acção...)

Anónimo disse...

Tens razão, é a gaja, é.

Copiona, aldrabona e plagiona: não foi só um artigo, eram as crónicas semanais da gaja quando estava nos Estados Unidos da América que eram todinhas baseadas em temas desse outro jornal de lá.

Fez-se luz.

Tens uma memória prodigiosa, FêPêMê. Pegando na teoria de ontem do Cocas ...

chOURIÇO

fpm disse...

Eu sou à prova de teorias...
E tu és desconfiadinho...


Bock, que tipo de gajo é que é "desconfiadinho"? Podes elucidar o chOURAS, sff?

Bock disse...

O chOURAS já não tem classificação, pá.
Mesmo se não fosse "desconfiadinho", a minha capacidade de adjectivação já se esgotou no que tange a essa força da contra-natureza, caralho.

Já quanto a ti, por chamares essas coisas todas a gajas (independentemente de quem são, basta serem seres humanos com cona e mamas) e por chamares desconfiadinho a um gajo, pá, tenho a dizer-te que não auguro grande merda em abono da tua virilidade, pá.

fpm disse...

Ok, já percebi que estás online directamente da assembleia da reeeeepublica...

ROTO!

Anónimo disse...

Olha que abonares a virilidade do FêP~eMê éoutra maneira de te assumires como gay...

Aliás, os américas dizem que um gajo está com tesão através da expressão «bone», pelo que quando abonas ou não abonaso FêPêNê, pá...

Tira ilacções do resto, que eu agora tou com preguiça.

chOURIÇO

Anónimo disse...

Tás com preguiça é o caralho.

Tás é com carradas de desrazão. E como não sabes como argumentar, escudas-te nessa da preguiça. Sua porca.

E nem me venhas agora (salvo seja) cá (ou lá) esgrimir com isso dos bones-abonar, porque eu estou a falar na língua da grande tAnália Correia, e não em Camonês. Pouca misturada, oh faz favor.

Isto há quem faça de tudo e recorra aos argumentos mais estapafúrdios para fazer valer as suas torpes e infundadas pretensões e atentados à honra e bom nome alheios.

Mais vergonha nessa cara (e menos unto de homem sexual) não te faziam mal nenhum!

fpm disse...

OLHÓ RANKING!

Anónimo disse...

Onde?

chOURIÇO

Anónimo disse...

No cu do conde, o caralho, pá.

chOURIÇO

fpm disse...

Não tenhas pressa, é na cona da Condessa! ahahah

fininhO disse...

http://www.vidas.pt/imgs/961f1e4c-aef8-4f3d-8935-154a61e36164$$2066B98B-1131-4DFF-8A54-

fpm disse...

O fininhO está com um paleio um bocado esquisito...

Bock disse...

...ele é esquisito, ergo, que o seu paleio também o seja não é de estranhar.



É ou Noé, quarailho?

fininhO disse...

Exponoivos aposta em novidades para casais 'gay'.

"Uma lufada de ar fresco." É isso que a aprovação da união entre pessoas do mesmo sexo pode significar para a "indústria dos casamentos", admite o director da Exponoivos, António Brito.

fininhO disse...

caralhos os fodam...

fininhO disse...

Se fosse vivo, Elvis Presley comemoraria hoje 75 anos de vida. O José Cid seguiu com atenção a carreira dele ?

Segui, mas não me entusiasmava muito na altura. Ao contrário de muitos dos meus amigos, eu não gostava particularmente da música de Elvis, não me dizia muito. Sobretudo não gostava dele por causa daquela imagem, sempre muito preocupado com a roupa e o penteado. Achava que ele era apenas um menino-bonito.

g2 disse...

Então bom fim de semana, tá? Não sei como conseguis passar o fim de semana sem vos enrabardes uns aos outros, mas enfim... De alguma maneira há-de ser, quiçá andais sei lá por onde...

Um abraço, maricas do caralho...

aspirina B disse...

Os professores é que a sabem toda

Os professores são os maiores e contaram com o apoio do PCP, BE, PSD e CDS. Ganharam, claro. Agora já podem voltar para a depressão que arrastam há décadas.

Acabaram as excursões à Capital nos próximos tempos, acabaram os piqueniques e as algazarras, a juvenil folia de quem se acha no centro do mundo. Aguentem-se o melhor que puderem, e rezem para que a sociedade continue sem querer avaliar o que se passa nas salas de aula.

fpm disse...

Hoje é dia de S.Rôto? E há peditório? Puta que os pariu.

Foda-se, e querem casar...

fpm disse...

Só imagino aqueles rôtos mais tradicionais a fazerem um pedido de mão supresa, ahahahahahahah!! Esta merda ainda vai dar para rir.

Bock disse...

Pá, aquele anónimo lá em ciam era aqui o je, hein?

fpm disse...

Lá em ciam está o tiroliroliro, lá em baixe está o tiroliroló...

Anónimo disse...

Senhora Ministra, não desista!

AHAHAHAHAHAHAHAHAAH!

chOURIÇO

bock disse...

Olha, logo agora que a coisa estava a começar a desazedar, lá tinhas que vir com piadinhas de crivo político.

...e cravares qualquer coisa na rebelfa não ajudaria? Um tronco centenário de roseira-brava, talvez?

fininhO disse...

pela reacção dos profs parece que foram enganados… pimba, mesmo na bufa!

fpm disse...

chOURAS, que tal correu a prova do vestido? (ahahahahah)

fpm disse...

Os profs que se fodam, que trabalhem como toda a gente.

Vocês vão ter um Sto.António como nunca tiveram - LINDO!

carochinha disse...

Quem quer casar comigo?

João Ratão (desconfiado) disse...

Tens cona?

carochinha disse...

Não tenho, mas tenho mamas de silicone costas. Serve?

Bock disse...

Sto António fodido?

Oh, tipo, homem: explica-te!

fpm disse...

Árvore Genealógica
É crónica do Luis Fernando Verissimo, filho do Erico Verissimo, que publica semanalmente na folha de S. Paulo, a não perder...
Árvore Genealógica - Luiz Fernando Veríssimo


- Mãe, vou casar!
- Jura, meu filho ?! Estou tão feliz ! Quem é a moça ?
- Não é moça. Vou casar com um moço. O nome dele é Murilo.
- Você falou Murilo... Ou foi meu cérebro que sofreu um pequeno surto psicótico?
- Eu falei Murilo. Por que, mãe? Tá acontecendo alguma coisa?
- Nada, não.. Só minha visão que está um pouco turva. E meu coração, que talvez dê uma parada. No mais, tá tudo ótimo.
- Se você tiver algum problema em relação a isto, melhor falar logo...
- Problema ? Problema nenhum. Só pensei que algum dia ia ter uma nora... Ou isso.
- Você vai ter uma nora. Só que uma nora... Meio macho. Ou um genro meio fêmea. Resumindo: uma nora quase macho, tendendo a um genro quase fêmea...
- E quando eu vou conhecer o meu. A minha... O Murilo ?
- Pode chamar ele de Biscoito. É o apelido.
- Tá ! Biscoito... Já gostei dele... Alguém com esse apelido só pode ser uma pessoa bacana. Quando o Biscoito vem aqui?
- Por quê ?
- Por nada. Só pra eu poder desacordar seu pai com antecedência.
- Você acha que o Papai não vai aceitar ?
- Claro que vai aceitar! Lógico que vai. Só não sei se ele vai sobreviver... Mas isso também é uma bobagem. Ele morre sabendo que você achou sua cara-metade... E olha que espetáculo: as duas metade com bigode.
- Mãe, que besteira ... Hoje em dia ... Praticamente todos os meus amigos são gays.
- Só espero que tenha sobrado algum que não seja... Pra poder apresentar pra tua irmã.
- A Bel já tá namorando.
- A Bel? Namorando ?! Ela não me falou nada... Quem é?
- Uma tal de Veruska.
- Como ?
- Veruska...
- Ah !, bom! Que susto! Pensei que você tivesse falado Veruska.
- Mãe !!!...
- Tá..., tá..., tudo bem... Se vocês são felizes. Só fico triste porque não vou ter um neto...
- Por que não ? Eu e o Biscoito queremos dois filhos. Eu vou doar os espermatozóides. E a ex-namorada do Biscoito vai doar os óvulos.
- Ex-namorada? O Biscoito tem ex-namorada?
- Quando ele era hétero... A Veruska.
- Que Veruska ?
- Namorada da Bel...
- "Peraí". A ex-namorada do teu atual namorado... E a atual namorada da tua irmã. Que é minha filha também... Que se chama Bel. É isso? Porque eu me perdi um pouco...
- É isso. Pois é... A Veruska doou os óvulos. E nós vamos alugar um útero.
- De quem ?
- Da Bel.
- Mas . Logo da Bel ?! Quer dizer então... Que a Bel vai gerar um filho teu e do Biscoito. Com o teu espermatozóide e com o óvulo da namorada dela, que é a Veruska..
- Isso.
- Essa criança, de uma certa forma, vai ser tua filha, filha do Biscoito, filha da Veruska e filha da Bel.
- Em termos...
- A criança vai ter duas mães : você e o Biscoito.E dois pais: a Veruska e a Bel.
- Por aí...
- Por outro lado, a Bel...,além de mãe, é tia... Ou tio.... Porque é tua irmã.
- Exato. E ano que vem vamos ter um segundo filho. Aí o Biscoito é que entra com o espermatozóide. Que dessa vez vai ser gerado no ventre da Veruska... Com o óvulo da Bel. A gente só vai trocar.
- Só trocar, né ? Agora o óvulo vai ser da Bel. E o ventre da Veruska.
- Exato!
- Agora eu entendi! Agora eu realmente entendi...
- Entendeu o quê?
- Entendi que é uma espécie de swing dos tempos modernos!
- Que swing, mãe?!!....
- É swing, sim! Uma troca de casais... Com os óvulos e os espermatozóides, uma hora no útero de uma, outra hora no útero de outra...
- Mas..
- Mas uns tomates! Isso é um bacanal de última geração! E pior... Com incesto no meio...
- A Bel e a Veruska só vão ajudar na concepção do nosso filho, só isso...
- Sei!!!... E quando elas quiserem ter filhos...
- Nós ajudamos.
- Quer saber? No final das contas não entendi mais nada. Não entendi quem vai ser mãe de quem, quem vai ser pai de quem, de quem vai ser o útero, o espermatozóide... A única coisa que eu entendi é que...
- Que.. ?

- Fazer árvore genealógica daqui pra frente... vai ser f...

Anónimo disse...

Olha aí, que tás a discriminar os maricas...

Senhor Primeiro-Ministro, não desita!

Foda-se...

Portugal m0oderno, sem passado nem orgulho nele. Portugal futuro, sem tradição e sem filhos.

Viva o exemplo da questão fracturante para não pensar nos mais de 10% de desempregados e no afundamento da economia e do país!

Ainda bem que estamos bem providos de mar, para quando isto afundar a coisa ser rápida!

E venham as eólicas e o Vento Norte!

E os carros eléctricos e os Magalhães!

E venham ainda as negociatas escuras e os ajustes directos!

Viva Portugal, Viva a discriminaçãodos casais homossexuais que não odem adoptar!

Coitadinhos, que já parecem o Manuel Luís Goucha a queixar-se do «Cinco para a Meia-Noite»...

chOURIÇO

fpm disse...

Nem mais.

Bock disse...

Foda-se, oh chOURAS, panasquices e laranjices e gralhedo em barda à parte, vamos lá falar de coisas sérias por uma vez na vida, caralho:

o tema dos casmentos gays tinha de ser discutido. E lá porque há crise e o caralho a sete, isso não é desculpa para que o assunto não seja debatido.

Não é opr se debater isto que deixas de ter mais ou menos desempregados, corrupção, aeroportos desnecessários e quimbois de ir ao cu com muita velocidade.

Também não é por isso que vais aumentar ou diminuir o défice.

Os temas têm que ser tratados, independentemente das circunstâncias. O país está mal, sim senhor, mas acho que aquele tipo de medidas draconianas de deixar de debater e tomar decisões sobre temas paralelos e menos prementes só se justifica em situações excepcionais.
Por ex, ter-me-ia parecido escandaloso estar a discutir-se isto se na semana passada tivesse havido um sismo que destruísse Lisboa. Ou inundações catastróficas no Alentejo. Ou uma pandemia, mas daquelas mesmo a sério de um vírus qualquer que deixa metade da população activa em casa e o país parado.

Esse tipo de emrdas, tás a ver?

E vir arengar com o facto de isto ser uma maneira de atirar areia para os olhos do povo é demagogia, pura e simples, tão rasca e tão barata como a que o Governo usa para distrair a atenção do povo dos temas que verdadeiramente interessam: todos os temas relacionados com a regulação de certos efeitos sobre escolhas individuais das pessoas são sempre polémicos, caralho! querias o quê, que não se falasse no assunto?
que lá porque os rotos e as fressureiras a quererem casar-se serem poucos, o assunto seja digno de desconsideração?

Desculpa lá, mas discordo de ti em toda a linha.

Já entrar no tema da sujeição desta matéria a referendos é que, isso sim, me tinha parecido uma total e absurda perda de tempo e recursos, não te parece?

e depois Portugal tem carradas de orgulho no seu passado. Aliás, esse é um dos grandes Males desta puta desta terra: é viver no caralho dos feitos passados.


Sem tradição? Lembras-te de alguma altura desde o 25 do 4 em que o fado estivesse tanto na moda e com tanta pujança como agora? eu não lembro. Queres alguma coisa mais tradiconal que o caralho do fado?

bah.

És do contra porque sim, porque não gostas do governo, porque te irrita e te enerva, e enfim, em suma: porque sim, prontos!

...e tens todo o direito a isso.

e eu até concordo com uma coisita ou outra das que tu dizes A cena é que a tua falta de objectividade é gritante.
é pelo menos tão gritante quantos os gritos que dás quando estás a levar no cu lá no 18º andar onde moras e os gritos se ouvem na cave -19.

e nem o, com o tu lhe chamas "quartinho de brincar com o pau-de-canela" frrado a cortiça, onde te entreténs com o Motumbo chega para deter tamanha gritaria!

Ora vide lá o chOURAS a rasgar: http://www.youtube.com/watch?v=HTN6Du3MCgI

fpm disse...

As noivas de sto.antónio, este ano, vão ser um must!

fininhO disse...

Orgasmos de Clara Pinto Correia em exposição no Centro Cultural de Cascais

olhem a mula a vir-se...



http://dn.sapo.pt/galerias/fotos/?content_id=1465082&seccao=Portugal

fpm disse...

Tinha que ser discutido porquê????? Tens ideia de quantas minorias querem ver os seus assuntos serem tratados doutra forma e não o são? Foda-se, se fosse assim com todos, onde é que isto ia parar? Tem de haver algumas regras que estejam de acordo com as pretensões DA MAIORIA, acho eu... Além de que isto mexe com uma coisinha sem importância chamada CRIANÇAS...

Isto é que é um povo avançado, pá, que modernismo, que abertura de espírito, eish!

Bock disse...

Ah, ah, ah, ah!!!!!!!
Não tinha percebido essa do Sto António, ahahaha

Pois, vamos lá a ver se o António Costa faz o frete ao Governo e mete lá um quijó da Pontinha e um nelo da Buraca, para o retrato.

fpm disse...

finO,




AHAHAHAHAHAH!!

fpm disse...

Pena o papa-formigas que ela usou não aparecer nas fotos, são tão engraçados...

Bock disse...

Não é mais avançado que a maioria dos povos europeus, foda-se.
esta merda já anda a ser debatida na europa há colhões.
Não é nenhuma novidade.
e não te amofines, pá, que o debate para as uniões civis entre homens e cães, burros e cavalos do mesmo sexo deve estar para breve.

E não há regras? Onde ´que não há regras?
só se pode legislar sobre assuntos das maiorias?
e as minorias que se fodam, não?
E sabes lá tu quantos assuntos de minorias é que não são tratados na Assembleia, pá. se calhar não são é polémicos e mediáticos como este...

bock disse...

foda-se, a clara Ferreira Alves é completamente chanfrada dos cornos.

fpm disse...

Nah, a gaja é mesmo uma vaca do caralho. Chanfrada queria ela ser...

fpm disse...

Clara Ferreira Alves????? ahahahah

Bock disse...

Yah, Pinto Correia.

Whatever.

Vai quase dar no mesmo.

fpm disse...

Tem piada que adoro ler a CFA e detesto ver a gaja ao vivo.

fininhO disse...

bock, não tirrites... bate uma punheta quiço passa, o salsicho tira as fotos e o Z cola-as numa parede para a malta ir ver.

fpm disse...

E a puta a arreganhar os dentes? Bem, aquilo deve ser mesmo um papa-formigas, 2 caniches e mais o mega-zoom da câmara do marido...

fininhO disse...

é ao contrário, o Zê bate as chapas e o ouriço mete-as na parede.

fininhO disse...

ou bate as punhetas directamente prá parede...

fpm disse...

ZC!

Anónimo disse...

jÁ ME PERDI NESTA CONVERSA E NAO TENHO TEMPO PARA VOS LER. nA SEGUNDA FALAMOS.

bOM FIM-DE-SEmama.

CARALHO.

chOURIÇO

Assento da Sanita disse...

Depois de ver as fotos dos orgasmos da CPC decidi que quero casar com um homem.

Se calhar.

Dum Dum disse...

Não se iludam!
Não utilizem a vã liberdade que em breve podereis usufruir para desatardes a casar uns com os outros.
O casamento é a morte do sexo. Ao fim de um ano de casados já não haverá os prometidos e mui desejados fellatios diários e acabarão os botões-de-rosa matinais junto com o tabuleiro para o pequeno-almoço na cama. Ao fim de uns meses após a boda serão cada vez mais esparsos os fist-fuckings e quando houver serão desapaixonados, frios e rotineiros. Haverá discussões, violência doméstica, choro, nervos, dores de cabeça...



Bock, eles têm razão, pá!

Bock, oxigenado. disse...

Eles, quem, caralho?

Seja como for eu sempre disse o mesmo: não vejo porque é que um(a) gajo(a) não se há-de poder casar com outro(a). Só não percebo é porque caralhos o quererão fazer!!!!

E, entre outros, faço meus (salvo seja...) os teus válidos e razoáveis argumentos.

Dum Dum disse...

Eles, as pessoas que militantemente se preocupam com o seu semelhante e que, portanto, querem impedir a disseminação dessa praga social que é o casamento.
Ou eu estou a ser muito naïve ou os gajos que se opõem ao casamento entre pessoas do mesmo sexo tomam essa atitude apenas para proteger os gays. Há que reconhecer esse generoso empenho no amor e respeito pelo próximo.

Mas, ironia à parte, é claro que tens toda a razão. Foda-se!

Bock disse...

Foda-se, não tinha visto esta merda toda por esse prisma, caralho!


Não tenho razão nenhuma!!! Andei aqui a arengar para nada!

Não fui capaz de tirar as palas dos olhos, e de me despir de preconceitos contra aqueles que adrede qualifico como preconceituosos quando, na realidade....

...na realidade... o preconceituoso estava a ser eu!!!!!

Ainda bem que a vara existe, pá.

E realmente é muita a generosidade de quem já lá está, enterrado até ao pescoço na sagrada instituição do matrimóio, em se preocupar com o seu semelhante.

É bonito.

Afinal, a sobrevivência do ser humano no planeta talvez ainda possa sedr uma realidade a longo prazo!




...Qual ironia???

VD disse...

Assento, mas não estás já casado com um?? :D:D
Lá está. Há homens que preferem um homem travestido de mulher a uma mulher que por ser tão mulher confunde os homens.

Dum Dum disse...

Uma mulher assim muito mulher será o quê?
Uma ninfomaniaca que vive para o sexo e para satisfazer todas as fantasias mesmo as mais depravadas e badalhocas do seu parceiro?
Hummmm!
Não me parece nada confuso, mas sim muito claro e interessante.

Bock disse...

Claro e interessante? Talvez, pá, mas certamente inverosímil.

VD, já tens idade para ter juízinho. Desrecalca essa merda, pazinha, o fel e a bílis matam por dentro. Estás a ficar, sei lá, olha como diria a grande Natália de Andrade: veeeeeeerdeeeeeeeeeeeeeee...

Anónimo disse...

Tá frio pa colhões, foda-se.

Bons dias.

Idemeterumconedegelonotraseiro.

chOURIÇO

Bock disse...

Desperdício de gelo, chOURAS, nessa bufa cheia de meita equatoriana, ergo, anticongelante, derretia em três tempos, o cone.

Vai arrepelar o besugo para a gronelândia, que é como quem diz, ali para a ginjinha do Rossio.