domingo, 23 de novembro de 2008

Porque não é menos que um malmequer...
















...e porque não devemos esquecer o que temos de bom!

Mário Viegas fez 60 anos no passado dia 10, apesar de já ter falecido há 12 anos.

(Vem com uns dias de atraso, esta simples homenagem, mas prefiro este atraso, a nada dizer!)

76 comentários:

dum dum disse...

Integridade. Sobriedade.
Coisas raras.

Bock disse...

Grande ideia a tua, puto!
Palminhas, caralho!!!
BEM HAJAS MIGO!


E já agora, sob a forma de comento para não estragar a posta do gê:

MANIFESTO ANTI-DANTAS
http://br.youtube.com/watch?v=CSRC6-XgSHo&feature=related


UM PROGRAMA DE M...
http://br.youtube.com/watch?v=FJvZJe6miLQ&feature=related

EXAGEROS (ahahaha)
http://br.youtube.com/watch?v=3iVp5_w6cCE&feature=related


A FLOBER
http://br.youtube.com/watch?v=SBCY-QCGN_E&feature=related

AO MIGUEL
http://br.youtube.com/watch?v=Ym_LtZRX7ys&feature=related

CARREIRISMO
http://br.youtube.com/watch?v=K5kyGsNlmds&feature=related

RIFÃO QUOTIDIANO
http://br.youtube.com/watch?v=691d8eoHuE0&feature=related

estounua disse...

E fizeste tu muito bem, miúdo giro!
Olás, pás!

g2 disse...

Pás, catrapás? Ou só pás, o que se diz mesmo pás?
Tu tem cuidado que estes gajos andam cada vez mais sensíveis...

Olá nuíta... :)

Bock disse...

Olá, pazíssima!

booberella disse...

Quem nasce em Novembro é sempre boa gente. :)

booberella disse...

Quem nasce em Novembro é sempre boa gente. :)

Varina Carina disse...

Tenho um panaríssio. Infectado e com puz.

Foda-se lá.

Ainda á bocado foi o caralho, tava a ver que não conseguia arrancar as guelras a uma çapateira de uma mádame!

Acho que vou lançetar isto com a faca de amanhar o peixe e depois peço ao meu Zé Augusto que chupe para tirar os restos. Ele gosta muinto.

Já agora: é impressão minha ou este senhor aqui de cima tem cara de paneleiro?

fpm disse...

Ui, uma homenagem, dasss...

Varina Carina disse...

Este não o conhesso, mas também tenho uns que me lá ao peixe, sempre muito arranjadinhos e com a mania que são consumidores exigentes.

No outro dia apanhei um que queria salmão e atum, mas só os lombos!

Disse-lhe logo: era o que mais faltava, olha o caralho, levas os lombinhos e o resto quem é que mo compra? e vai ele que aquilo tinha de ser assim que era para fazer chuche, ou chucha, ou lá o caralho que o foda, e que tinha de ser fresquinho que era para comer cru...e eu disse-lhe logo: cru? queres comer peixe cru? Ai, mãesinha que isto é só gente maluca, acudem, olha, filho, se queres peixe cru para chuche ou lá o que é isso que tás para aí a dzer, chucha-me mas é aqui no panarício que é o melhor que tens a fazer, não tou cá agora para andar a amanhar peixe para paneleiros que fazer sabe-se lá o quê com o coitado do bicho, andor!

fpm disse...

ahahahahah

Varina Carina disse...

SAAAAALSAAAAA!!!!


UM RAMINHO DE SAAAALSA POR CADA CARAPAAAAAAU!

AI FRESQUINHOS, FRESQUIIIINHOOOOOS!


É TÃO RICA A MINHA SAAAALSAAAAAA!

fpm disse...

Eh carapau!

Varina Carina disse...

Chupa aqui no aparício, que eu deicho.

Mas espera aí, primeiro deixa-me lá lancetar esta cena.

Ó fregueza, eu vou só aqui e já volto, tá bem? vou só aproveitar a oferta deste senhor tão çimpático para ver se me livro deste mal.

É que ou vai assim, ou vou ter de ir ao Brucho. Ao menos assim é à borla.

fpm disse...

dasss...

(Pronto, fala-se no Viegas e dá-lhe logo para a paneleirice...)

g2 disse...

Estás a ficar um bocadinho debochada e malcriada para o meu gosto, Varina.
Entraste mais ou menos bem, mas agora...

Puf!

Quanto ao senhor que está na foto, espero que não o confundas com os peixes que amanhas... Não por mim, claro, mas por aquilo que pode revelar de ti...

Afinal, há vida para lá das tripas de um peixe, ou não?! Basta ver o que o Panoramix faz com as entranhas deles.

Bom dia, vara.

g2 disse...

Já agora, Varina: não exageres nos erros ortográficos.

A gente percebe! Somos todos cientistas, aqui e por isso até o Google comemora o nosso dia!

dum dum disse...

As peixeiras desde país têm demasiado protagonismo. Cheiram demasiado a peixe e a testosterona.
Só como peixe congelado.
As cabeleireiras, essas, sim, é que são o verdadeiro vox populi.
Eu, se fosse político, nas campanhas eleitorais só faria a ronda das "coiffeuses".

Assento da Sanita disse...

Pensamento para a semana:

Os problemas do nosso país são essencialmente agrícolas:

excesso de nabos
falta de tomates
e muito grelo abandonado.

(Um mail que recebi).

Varina Carina disse...

Essa é mais velha cá pescada que o meu Záugusto deixou cair para trás da bancada (lá está, o copito a mais no mata bicho) e depois não havia quem lhe chegasse, tivémos de esperar que a natureza fizésse o seu trabalho.
E é um trabalho bem sujo. e demorado.

Txi, ca noijo, de cada vez que penso... e a carrada de balelas que tive de meter às quelientes para as convencer que não era o meu peixe que tava estragádo?

Ainda aproveitei e conven-ci-as que aquilo era a deslocação do ár que emperrava o fedor da banca da Maria Jaquina, e que ela andava a vender taínhas que os putos romenos pescavam ali às Docas para dar aos bichos. E nem os bichos as queriam!

Foi uma oportunidade de negócio que se me deparou e eu, empresária que sou, aproveitei-a sem mais delongas ou escrúpulos, porque o mundo do peixe é como calquer outro negócio. e então, a gaja primeiro perdeu os melhores clientes, depois até os distraídos fugiam dela e finalmente veio a ASAE que lhe fechou a banca. Levaram-na dentro e nunca mais a vi.Nem eu nem a bem dizer ninguém. Invaperou-se.

Foda-se, vai lá vai! bem feita para aquela porca, que é para aprender a não fazer olhos ao meu Zé Augusto!

provedor disse...

(será que esta pseudovarina ainda não topou que não tem piadinha nenhuma?... parece aquele cena horrível dos malucos do riso...)

fpm disse...

ahahahha

ó varina, beija lá çatina!

Varina Carina disse...

AHAHAHA!!!
Ai, Provedor, do que me foste lembrar!!!
O que eu me rio com esses estouvados!!!!
Gosto imenso daquel gordinho!
E do outro com o naris esquesito!!!

ai, que boas lembranssas que me trouxerão agora, ahahaha, no outro dia ao serão ri-me tanto que me ia mijando pelas pernas abaixo, lá na casa da minha vizinha, que tinha acabado de fazer uma puxada novinha em folha, que a antiga deu curto-circuito e queimou-lhe a coitada da mãe dela, puta da velha também, tava sempre a refilar e só comia...

VD disse...

Eu gosto da varina.Tem um je ne sais quoi...

"Às vezes de debaixo de uma pedra sai um lagarto."

emporio catota disse...

Às vezes de debaixo de um avental sai uma enguia.

Bock disse...

O que praqui vai, han?

Folgazões!



(E folgazonas!)

Anónimo disse...

marikitas é o que vão,
mormente

Bock disse...

Gostas de palavra 'mormente'?
Realmente, é gira.
Rima com 'premente'.
E 'quente'.
E 'Fremente'.
E muitas outras coisas que agora não me alembra.

Bom dia, portadores de quistos hidásticos, fístulas e verrugas anais e himerródeas internas e externas por mor de voluntária, reiterada e intensiva actividade sodomita.

Bom dia, eventuais e cada vez mais raras meninas mais lindas que por aqui calham em ir passando.

Anónimo disse...

não gosto especialmente de mormente pero é contundente e rara

gosto mas é de aliás ....e de pasteis com canela

;-)

Bock disse...

Eu dava-te a contundência.

Aliás, dava-te uns pastéis de nata. Contundentes.
Com canela, claro.
O pastel de nata sem canela é como uma vaca sem badalo, o crespiano sem bola, o vale e azevedo sem corrupção, a Ana Malhou-a com roupa ou o chOURIÇO sem homens depilados de roda dele.

Anónimo disse...

invejoso


MAGRITO

Bock disse...

Magret?


de pato?

Vamos nisso!!!!!


(mais dois copinhos de aldeia velha!)

Mas vamos com contundência, hã!?

fpm disse...

Bom dia e parabéns à menina!

fininho disse...

hoje a manina vai dar uma geraldina...

Bock disse...

Uuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!

fpm disse...

Uuuuuu quê?

uuuuuuuu mazé o winnie the poo!

fininho disse...

25 de Novembro!

Bock disse...

... sempre!!!!


(mas com geraldina...)

fpm disse...

Grande data, a de hoje. Principalmente para a comunada rasca.

fpm disse...

"-'Anda puta. Vamos lá embora'- Disse Orfeu, agarrando a mulher por um braço, aviando-lhe um pontapé nas costas e cuspindo uma grossa lagosta de ranho para o lado, bem puxadinha dos brônquios
-'Barraca já, caralho.Andor!'-

Lindo, Adas, lindo, pá!

emporio catota disse...

Eu gosto particularmente do dia 31 de Novembro. Nada se comemora nesse dia pois nada de relevante aconteceu desde que o calendário gregoriano foi instituído. Um agradável tédio!

Pelo contrário, no dia 25 de Novembro de 1915 nasceu o famoso político, militar, crossdresser e prestidigitador Augusto Pinochet. Devido a ter uma pila ridiculamente pequena e enfermiça e ter descoberto que curtia ser sodomizado por gigantes dildos metálicos ao som de marchas militares decidiu seguir a carreira de ditador e facinora.
Muy católico, era devoto de São Prepúcio, padroeiro das pilas ridiculamente pequenas e enfermiças. O facto mais relevante que o deixou na História foi a coincidência de ter nascido no mesmo dia em que a "comunada rasca", vá-se lá saber por quê, rejubila em Portugal. Isso e o ter uma pila ridiculamente pequena e enfermiça e cheirar terrrivelmente mal dos pés ao bigode.

(não garanto a veracidade destes factos pois não sou historiador. Copiei tudo da Wikipedia)

dá-me lá isso! disse...

Tu sabes!

Zé Augusto disse...

Ó Carina, atão é aqui que passas agora a porra do tempo todo? No meio desta paneleiraje? É por isso que depois a merda do peixe fica na banca e vens dizer que não vendes nada por causa da crise e do banco leman ou lá o que é isso. Tu vai mas é para casa depressa, já à minha frente, senão levas um par de lambadas, não tarda nada. E quero o comer na mesa, já, que são mais que horas.
Atão não querem lá ver a merda da mulher agora a dar uma de escritora? Ainda por cima escreve mal cumó caralho que a foda!

Anónimo disse...

que não é o teu decerto

cornupeta

Zé Augusto disse...

Anónimo, se te queres dizer que não é o meu caralho que a fode, anda cá e diz-me isso na cara, logo vês o que é que te acontece.

Além disso, se é o meu caralho que a fode ou não, não tens nada a ver, ou tens? De uma coisa podes ficar certo:

caralho meu, não fode cu teu

Conheces o ditado?

Tafoder, coisinho...

Anónimo disse...

uy que medo

pero nao ves , alma de dios, que te la pega hasta con el surtidor de la BP?

não ha mas cego que o que não quer ver...

fpm disse...

POUCO BARULHO, FODA-SE! :)

ostia disse...

olá F
;-)

Zé Augusto disse...

Pronto, Anónimo, ou cornupeta, ou lá o que é...

Retiro o que te disse..

Ostia... :)

Zé Augusto disse...

FODA_SE o senhor, ó senhor FPM das não sei quantas!

Zé Augusto disse...

Viram o que faz um gajo ter os tomates no sítio e impor-se às gajas?! Viram?! Vejam lá se a minha Carina não abaixou a bolinha... Ai não, que náhavera... Isto o respeitinho é muito lindo e ela sabe bem como é que que elas lhe mordem! (Se bem que eu depois, se não estiver com um copo a mais demais, recompenso-a!)

fpm disse...

mau...

Anónimo disse...

pios....os tom*** nao sei pero os cornos impresionan


;-)

Zé Augusto disse...

Anónimo pios... A ver, hã???

Mau Maria... Ai o caneco!!!

Zé Augusto disse...

Acho que foram mas foi todos com os pitos, não foi só a Carina...

Nem sabia que tinha esta potência toda, fogo...

Ò Carina, anda cá ver isto, melher...

Varina Carina disse...

Mas o que é tu me queres, homem da figa?
Não me deixas nem um bocadinho em pás, porco, javardo?

Já tivéste lá na do Mateus a mamar os bagacinhos do costume, não foi?

Para ti é facil, despejas-me as caixas do peixe todas na bancada (as que não entornas pelo caminho, tal não é a bubadeira inda nem o sól saiu) e vá de beber o dinheirinho da nossa reforma. E dos estudos dos nossos filhos, que nem para um avental novo tenho dinheiro.

E quem dis beber, diz fazer sabe-se lá mais o quê. Sim, que eu bem te vi mais o Alcindo do talho a tentar (tal não era a bubadeira) catrapiscar o olho à puta loira que mora na rua de trás. Já te vejo aquele brilho nos ólhos, de bêbedo incorrigível. Vais acabar com uma cirrose.

E que ninguém lhe chegue um fósfro perto, que temos já aqui um encidente tipo o de cherne hábil, ou lá o que foi!!

A única coiza que eu peço ao Senhor é que seja rápido para me desamparares a loja, seu bêbedo, seu tarado. Rápido mas com dor. Muita!

FILHO DA PUUUUTAAAAAA, que ontem tavas tão bêbedo que tentaste foder o cu à gata da Tânia Milene, pensavas que os arranhões eram das unhas de gel da gaja, ganda paneleiro que eu bem te ouvia por entre o miar da bichana, cando tivéres sóbrio hádes cá vir com falinhas mansas que logo vês o avianço de porrada que levas nessa tromba!
Fica sabendo que de hoje em diante vou andar com a faca de escamar o peixe atada numa perna. Tu experimenta, que vais ver a rapidês com que eu te escamo o bezugo! E depois vais ganhar a vida a dar o cu! Cabrão!

Mas fica sabendo, e esta é a minha vinganssa: a puta loira que tanto lhe cobissas as mamas, éra um homem, diz-se que era contabilista e numa viagem ao Brazil experimentou homens, e gostou tanto que mudou de sexo logo ali, assim de repente, anestesiada a cachaça. Vendeu o T2 na Curraleira onde vivia com a mulher mais os filhos, um casalinho, coitadinhos, diz que a mulher nunca mais teve coragem de levantar a cara em lado nenhum, e depois mudou-se para aqui, dizem que agora é contabilista de tudo quanto é paneleiro intelectual, lá aquilo dos ómosexuais, ou que é, de Lisboa e arredores, profeçores, jurnalistas, travecas artistas que fazemd e conta que cantam, e assim, e é assim que ganha para as órmonas que lhe fazem crecher os peitos.
Olha, se não acreditas em mim como de questume, repara bem naquelas mãos forte e viris, olha, e na maçã de adão, e em alguns dias em como a cara parece ter uma ligeira sombra assim como se fosse bárba, e vais ver se tenho ou não tenho razão... cambada de panascas sempre de olhos fixados nas mamas, só querem é mamas, nem reparam no resto à volta! se um estivador peludo amarfanhasse umas páginas do Record e as metesse no sítio das mamas vocês ficavam logo convencidos que aquilo era pito e do bom e iam logo bater à punheta por entre as caixas do peixe, badalhocos do caralho que nâo teiem uma pinga de decência no corpo, a única pinga é a de bagaço, bêbedos, ção todos iguais! E depois esporram-se todos em çima das sardinhas e a gente que limpe, não é? Não esperas pela demora, filho duma ganda puta!

elias, o agrimensor disse...

Olha, eu cá gosto desta Varina. É assim palavrosa e deve ter uma farfalha debaixo do avental qu'até lá fazem ninho as gaivotas (a avaliar p'lo cheiro).

Zé Augusto disse...

Fogo... Pá,Carina, não tenho pachorra para ler isso tudo.

Eu depois trato de ti e da loira, vai tudo a eito!

fpm disse...

Tratas mazé do carapau, pá...

Bom dia, aí.

Varina Carina disse...

Não tens pachorra ou tás tão vesgo da puta de cardina que lévas nesses cornos que não consegues lêr?

Sim, cornos, é isso mesmo.

Para bom entendedor, meia palavra básta.

Mas, oh paneleiro, tu não entendes nada! Nem nisso és bom...

E eu cá, já o sabes desde que me recusei a levar na cona e no cu ao mesmo tempo de ti e daquele preto rastafári que era servente nas obras da Ponte Vasco da Gama, sou gaja de um só homem de cada vês. Para a próxima vês que jogues o teu rendimento mínemo, aposta outra merda qualquer, o corpo é meu!

Além disso, não alinho em trios com aberrações da natureza.

E não curto o sabor que a cona deixa na boca da gente! Pelo menos o da cona da minha prima. Mas tamém... a gente éramos bué chavalas... 15 aninhos, nos muros atrás da licheira munecipal... eish. Velhos tempos, caralho!

Se bem que, agora que penso nisso, fiquei curioza: será que a cena que a loira tem a fazer de cona no meio das pérnas saberá rialmente a cona? E será que aquilo fica empapádo? Esporrará a puta da loira pela cona? Mhhh... Agora fiquei mesmo com curiosidade. Pá, quase podia jurar que tou a ficar com a parreca escorregadia...

Quanto ás bocas fatelas ali do sr. Agrimensor (quéssa merda? com um nome assim deve gostar de levar no cu!) fique sabendo que eu prézo muito a igiéne íntima da melher. aliás ele até há dias em que quando me sinto assim menos limpa até uzo aqui o pano de limpar a bancada, passadinho por água, e dou assim uma passagenzinha na minha xaninha, só para me sentir mais fresca.

Só é pena é ainda não nos terem dado água corrente, é uma séca ter de carregar um balde de água todos os dias...

Carina Varina disse...

OLHÓ MXLHÃO DA CARIIIINAAAAAAA!!!!




É FREEESCOOOOOOOOOOOO!

Zé Augusto disse...

Não há dúvida: és mesmo peixeira.

Ainda bem que eu já tenho mais gajas, não preciso de ti para me amanhares o carapau!

Tafoder, melher...

Varina Carina disse...

Peixeira, não: Varina.

VA-RI-NA!

Vai lá, vai, que já vais tarde, filho duma ganda puta, e quando chegar a casa, de ti, bêbedo e panasca, não quero ver nem um pentelho na banheira!!!

E não te atrevas a voltar a levantar um dedo que seja a nenhuma das nossas meninas, nem à Soraia, nem à Cátia, nem à Dora.

Isto se tiveres amor ao teu abono de família, claro. Não te esqueças: a faca está sempre comigo, só a tiro para escalar uma douradinha ou outra, de alguma frégueza mais abastada!

Olha, e como se dizia na terra do meu páizinho que Deus tem, que era um senhor e que até subia e descia escadas a cavalo: A porta da rúa é serventia da caza!!!!!

fininho disse...

varina! e pró cu, não vai nada?

fininho disse...

(preferia cagar um pé todo de merda, mas é só para ver o que a puta da varina diz...)

Varina Carina disse...

Papas-mo? Mesmo, mesmo, mesmo???

Varina Carina disse...

E posso cagar-te na boca? Anda lááááá...

fininho disse...

vai andando que já lá vou ter...

Varina Carina disse...

Olha, olha, rabeta! Panasco! Atracador de ré!
Tu tens é muita conversa!

fininho disse...

devo ter, mas não te chego aos calcanhares, vai lá meter duas ou três pscadas do alto na bufa a ver se eu me ralo...

Varina Carina disse...

Oh, isso é o pão nosso de cada dia, rabiló...

Varina Carina disse...

Mas o que é que vem a ser isto???

Quem é que manda a urzupar o meu nome?

Julgam que isto é algum nique da entra-mete?

Não gosto que brinquem com o meu nome, não sei daonde é que vossês vaiem, mas na minha terra se há uma cena que a gente tem muito respeitinho é pelo nome de todos e de cada um, e não sandra agora aqui a fingir que se é o que não se é.

...devem ser todos da paneleirândia, lá nu carálho mais velho, foda-se..

Só digo que sou a Varina Carina, pa não me confundiraim com a outra Carina, a mulher do Elias das órtaliças, essa frustrada que como o marido não a fode (além de ser paneleiro como vossês todos anda sempre com uma ganda carroça, como vossês todos) e tem lá aquela mania dos evangelistas, e então não curte de pôr os cornos ao paneleiro do marido, e então o pastor (lá eles chamam pastor aos pádres) passa o dia a enfiar couves das brochelas na vegina, atravéssa-si-as com fio de pesca que eu lhe dou de um ou outro bocadito que vem no estongamo ou então ás vezes na boca das taí... ehhhemmmm...das douradas, das poucas que ainda se pescão à linha na nossa coasta, e enfia aquilo tudo pela xana acima, diz que viu uma cena parecida num filme que avia lá no lar dos velhos onde ela meteu o pai, era a cena que osvelhos vião depois de jantar...
Foda-se, grandas porcos.

E diz que aquilo lhe dá montes de calores e vaim-se bué e tudo. No outro dia diz que foi de tal forma que as couves ficaram gratinadas.



Olhó Saaaargoooooooooooooooooo


...é da nossa cooooooooooooostaaaaaaaaa!!!!!


Bom, mas para acabar com as parvuísses, vamos lá ver se a gente se entende: se querem gozar com a cara de alguém, vão gozar com a cara da cona das vossas tias, irmãs, ou mãizinhas, tá bem?

Posso ter poucos estudos e escrever mal, mas sou uma pessoa onrráda e amiga do seu amigo, e não gramo dessas cenas de falta de respeito.

Càrina disse...

A Càrina soieu!

Varina Carina disse...

És é o caralho.
Não és nem metade da mulher que eu sou!
Porca deslavada, anda-me cá dizer isso na cara, levas um soco nas mamas que tas viro do avesso e passas a ficar com duas taças onde antes tinhas... isso, enfim, isso nem são mamas nem é nada, é mais tipo dois sacos de café vazios.

Cárina disse...

Anda, anda...anda cá ao bulhon caté te meto um tamboril no bujon!

Baca do caralho...

Olha, bardajona, e podes ficar aí com o rôto do teu marido, caquilo nem para fazer um queijo serve, carailho!

Zé Augusto disse...

Divorciei-me da Carina.

Finish!