terça-feira, 20 de abril de 2010



16 comentários:

booberella disse...

Primeiras? :)

booberella disse...

Viaduto Duarte Pacheco?

Zeca Galhão disse...

Então, Boobs?
És ou não és devota da estatueta, 'pariga?

booberella disse...

Ufa, tava a ver que ficava aqui sozinha, eu e o eco...


Mámene, já te respondi na outra posta.

Zeca Galhão disse...

Já vi.
E se tens uma estatueta, nunca ficas sozinha. Pergunta ao Cocas...
Ele nunca se sente só.

eco disse...

por acaso eu sou má companhia?

booberella disse...

Não és não. Desculpa, não penses assim, eco.

booberella disse...

Para quê uma estatueta quando se tem aqui o amigo eco?

fpm disse...

eish...

eco disse...

acho bem. agora dobra-te prá frente, fáchavor

eco disse...

tu não fpm. tu não!

fpm disse...

que parvoíce... atinainde, caralho...

booberella disse...

Pois...quem costuma escrever com minúsculas no início das frases que se chegue à frente.


Não é, eco?

eco disse...

hã? hã? hã?

Bock disse...

Olha, prosta nova.

fin0, és mem' filha da puta, pá!!!!

Um dia destes pego-te nas rastas e levo-te a rastar daqui até ao Cachodré!

Boas fotos, de qualquer das formas!
O casal AC*


















*Antes do Cavalo.

Palhasse!

Gonçalves, o abonado disse...

Não percebo a histeria à volta da Nossa Senhora da Atlantis. Se não é porque os católicos são sexualmente reprimidos, potenciais pedófilos e panascas ocasionais, é porque a iconografia deles se reconverte em consolo mais-que-espiritual.

Vocês decidam-se, pá.