quinta-feira, 3 de julho de 2008


19 comentários:

sandro disse...

éfe, admites esta merda?

parte-lhe as trombas com uma garrafa de Cabriz.

dá-lheeeeee.....

Anónimo disse...

Chiu, panasca.

Pouco barulho.

chOURIÇO

sandro disse...

CHUPA-MOS, Farinheira.

Com broa de Avintes.

Anónimo disse...

Não te disse para estares calado?

Amocha, vá.

Palhacito.

chOURIÇO

sandro disse...

Muito bem.

Agora tenta dizer o mesmo mas sem o dedo no cu.

Anónimo disse...

Deixa-me lá puxar-te o TEU braço (de longe), para poder puxar-te o TEU dedo do TEU cu.

Ora, acho que já está.

Pronto, repetindo, tal como pediste:

Não te disse para estares calado?

Amocha, vá.

Palhacito.

chOURIÇO

sandro disse...

Agora foste bué fatela.

Faltou-te arte e engenho.

E nem tiveste piada.


Mas continuo teu amigo na mesma, deixa lá.

g2 disse...

Quéisto?

g2 disse...

Que despautério é este?

g2 disse...

Que pouca vergonha é esta?

g2 disse...

Hã?

sandro disse...

puto, calma, han?

g2 disse...

Calma, mazé o caralho!

Foda-se...

sandro disse...

xiiii, ca foi? andas mal dos ovários?

Bock disse...

Foda-se, na senda dos posts 'daquilo que eu gosto', o fininh0 nada diz, limitando-se a oferecer-nos uma imagem de um dedo em posição claramente fálica.

Não é preciso dizer mais nada, pois não?

Pois.

É triste, caralho, muito triste.

g2 disse...

É do que ele gosta, pá, que é que queres?

Cada um come do que gosta, não achas?

Bock disse...

Acho, pois.

Quantos mais a gostarem desses manjares exóticos, melhor.

Bock disse...

... a malta quer é
A febra.
O grelo.
A Barriga de Freira.
Os Papos d'Anja.
O Pudim à Abadessa de Priscos.
O Pão de Rata.
A Brocheta de bacalhau.



Por falar em brochetas, perái que não demoras...

Bock disse...

POS...prrrop!....POS....burps...POS...PRRRRAAAAA...POSTA!


POSTA, CARALHO, POSTA!


(fsssssssssss...)