segunda-feira, 1 de setembro de 2008

AVISO

9 comentários:

elias, o agrimensor disse...

Muito mal se pensa e diz da masturbação. Guardai-lhe carinho, senhores, que não fora por ela e a maior parte dos comentadores habituais deste blog não teria sexo digno desse nome!

Mustapha Shamirte al Baygon disse...

Continuando, pacientemente, à espera do Armagedão, começa hoje o mês de Ramadão.
Sabeis, portanto, que vos é interdito, durante este período, engolir e comer no cu entre o nascer e o pôr do sol?

Pois é.

tobias, o agrião disse...

Dos 5 (cinco) pilares do islamismo, (Shahada, Salat, Zakat, Haij e Saum) confessai que não poder levar no cu numa daquelas tépidas tardes de Setembro após um lauto almoço de entrecosto grelhado com choiriço, tudo regado com um bom tinto em generosas doses, é motivo mais do que suficiente para qualquer um se tornar num empedernido agnóstico.

fpm disse...

Oh, é mazé o carailho...

elias, o agrimensor disse...

Uma vez assisti a uma conversa entre dois ciganos, num café, em que discutiam os méritos desta igreja evangelista sobre aquela em função do dízimo que tinham de pagar. Suponho que escolher a religião em função da tolerância face às práticas sexuais não-reprodutivas tenha tanta (ou mais) validade.

fpm disse...

Oh, é mazé os culhões...

dum dum disse...

Portanto quem desejar aderir a uma das inúmeras igrejas evangélicas que há por aí, sabei que tereis de pagar o dízimo, ou seja 10% do total dos vossos rendimentos.

Quem quiser ser um fiel seguidor da religião mais temida do mundo, o islamismo, convém saber que um dos seus pilares, o Zakat, implica o pagamento de 2.5% dos vossos rendimentos.

Utilizando a divina matemática chega-se à conclusão que:

ganhando o salário mínimo nacional (426€) tereis de desembolsar mensalmente 42,6€ para terdes o privilégio de ser evengélico e 10.65€ para serdes muçulmano, dádiva que poderá ser substituída pela compra de um cintinho de explosivos na loja do chinês.

Se fordes ateu ou agnóstico sabei que, mesmo assim, tereis de desembolsar 3,59 € bimensalmente, quantia que será a vossa contribuição obrigatória e coerciva para o esplendoroso audiovisual nacional, constante na factura da EDP.

Ora, não dando a EDP qualquer garantia de salvação eterna a DECO escolherá certamente o islamismo com o seu Zakat como a sua escolha acertada.

fpm disse...

Numa frigideira?

US Open 2008 disse...

O que está a dar é ver jogos de ténis até às tantas. Ah, pois é.