quinta-feira, 18 de setembro de 2008

NA TUA FACE
















Após breve consulta ao Google – estava eu assaz preocupado com a questão – descobri eu que a face de cristo é vista com frequência por humanos . Afinal as teofanias são ubíquas e é só querer vê-las. A lista provisória, que ociosamente compilei, inclui a Lua, imagens do telescópio Hubble de galáxias distantes, nuvens, eclipses, rochedos. Tal exercício é relativamente trivial mas, apercebi-me, paginas tantas, que ver a face de cristo em ecografias pré-natais é muito frequente. A face de Cristo paira, em miniatura, sobre o feto de onde se infere de imediato que o protege e abençoa. A face de Cristo surge três vezes em cascas de árvores, em fotos de garrafas de cerveja, quatro em sacos amarrotados casualmente, duas em cebolas cortadas ao meio e uma na cauda de um camarão. Tudo isto devidamente ilustrado com as respectivas fotos para que não duvidemos da veracidade. Aliás, é essa uma das fotos que ilustram a posta. (A capacidade humana para a auto-ilusão e para o ‘wishful-thinking’ é espantosa.)

A partir de conjecturas antropológicas e principalmente antropométricas e ainda com o auxílio de especialistas forenses, credíveis cientistas – e lembro-me do documentário da NG há algum tempo sobre o assunto – recriaram uma plausível face de Cristo.

Esta imagem suscitou-me, por associação de ideias, uma outra história. Sem desprimor algum, e já perceberão do que falo, porque a história é meramente factual, conto aqui a história do termo ‘grunho’. Em meados do século dezanove a Junta responsável pela colonização de Angola decidiu colonizar o Planalto central desta, na altura, colónia portuguesa . Pretendia-se que populações brancas, de matriz rural, encetassem o desbravamento agrícola da região. Recorreram a camponeses madeirenses, conhecidos pela rusticidade e capacidade de adaptação. No entanto, após uma fase de instalação e sem meios de comunicação, os camponeses acharam-se isolados e sem a possibilidade de escoar os produtos agrícolas. Em rigor, foram votados ao abandono. Ao invés de subsistirem como comunidade autónoma ou incitar o governador a auxiliá-los, abandonaram a agricultura e passaram a viver no mato na maior miséria material e intelectual, vivendo de uma escassa recolecção. Assilvestraram-se ao nível da mais abjecta bestialidade, vivendo em toscas cabanas, grutas, comendo carne crua e perdendo mesmo uma boa parte das capacidade linguísticas. Vestiam-se de peles, esfregavam-se em excrementos e uivavam como os cães. Os nativos da área, em termos comparativos, tinham uma sociedade rural bem organizada e com um grau tecnológico e cultural muito superior. Tinham um profundo desprezo por estes brancos bestiais e na sua língua, designaram-nos por ‘grunhos’ – os homens-animais.

Longe da imagem do mediterrânico moreno de olhos profundos, ou do loiro com uma barba de dois bicos, não sei se este neandertaloide passa bem por um essénio judeu, que historicamente até pode nem ter existido, sei lá. Mas a face e o olhar imbecil não me suscitam outra palavra – um grunho. Estes gajos dizem que Jesus Cristo era um grunho. É de lana caprina, de qualquer modo.Até podia ser um sósia do Cavaco. Me da igual, óstia! Um messias que andaria de pé nos últimos lugares do autocarro nos EUA nos anos 50 certamente. Preocupa-me mais a crise finaceira e o petróleo e a crise ambiental e o aquecimento de estufa.

Das duas imagens, interessa-me mais a da cauda do camarão. Apesar de só se ver a face de cristo com uns óculos 3-D, olhando o monitor no ângulo exacto de 126º 2’ do lado esquerdo, pois trata-se de uma anamorfose e, depois de beber um garrafão de bagaço, tomar uma lamela inteira de Xanax e ‘snifar’ uma lata de diluente aquoso durante uma hora. Garanto-vos que a face de Cristo lá está. Eu morra já aqui ceguinho.

39 comentários:

fpm disse...

Ganda maluuuuuuco! ahahahah

Assento da Sanita disse...

Vês a face de Cristo? Eu vejo.

booberella disse...

Hossana!

O Senhor Assento postou!!!

Agora vou ler e já volto.

Assento da Sanita disse...

Até fui ao chinês e pedi camarão. Mas vinham albardados com polme de ovo e farinha. Não se via lá muito bem.

Assento da Sanita disse...

albardados, digo.

fpm disse...

Parabéns ao teu dealer.:)

Assento da Sanita disse...

ya...vou buscar mais. Cumprimentos. Bazo.

booberella disse...

Ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah!!!!

Caramba! Tive um ataque de tosse aqui no bules que até vieram-me lágrimas aos olhos.

Vou fazer a experiência: recomendas algum bagaço em especial ou pode ser qualquer um? ah, e em vez de diluente, pode ser bondex?

AdaS, pá, dá vontade de emoldurar a posta.

fpm disse...

"AdaS, pá, dá vontade de emoldurar a posta."

Boob., porque falas em código? Tás à vontade, o Adas é openminded.. :)

dum dum disse...

Felizmente há concorrência.
Mal estaria o mundo se Cristo monopolizasse as materializações divinas nos legumes e no marisco.
Assim, tanto quanto sei, a figura de dois budistas em oração aparece numa formação rochosa
na Birmânia.
(para ver tem de se inclinar a cabeça para a esquerda)

O sagrado nome de Alá aparece num tomate
e, ainda mais supreendentemente, num cachucho.

Também o número da besta, aka Jean-Claude Trichet presidente do Banco Central Europeu, com o seu renomado 6,66% em forma de taxa de juro manifestar-se-á brevemente nos extratos bancários de todos os escravos do Espírito Santo e outros bancos.
Desígnios.

dum dum disse...

Eis o cachucho!

Anónimo disse...

(Tou a ver que o raio do dealer é muito conhecido... cuidado, rapazes, é assim que eles vão dentro...)

luí disse...

esqueciste de una!
la mas famosa en españa,
aparecio la cara de Cristo en un jamón Iberico que estaba en un bar y la gente pedia ponme un bocata jamón jefe a ver si al final sale la Madalena

asi fue

fpm disse...

eheheh, ostia!

Anónimo disse...

Curiosa esta tua posta e inspiração, porque ainda ontem o Conan O'Brien falava nisto e até convidou Jesus Cristo a esclarecer a questão. E foi lá um actor fazer de Jesus Cristo e esclareceu a questão.

Mainada.

chOURIÇO

Bock disse...

E então, ficaste esclarecido, paiOLA?

Dum-Dum, que pertinentes observações, caralhostafodam!!!!

AdaS, tás cada vez mais profícuo, grande paneleiro.

É um prazer conhecer gente com tamanhas alarvidades a boiarem dentro da cabeça.

fpm disse...

ahahahahah!!

fpm disse...

Por acaso, o paneleirote do dum-dum esteve bem...

booberella disse...

Éfe, pá

Oxigenei por completo. Não percebi nada do teu comento sobre falar em código e open minded.
Explica lá isso, fachavôr.

fpm disse...

Ya, até os pelinhos dos pés deves ter oxigenado.
Eu até te desoxigenava, mas tinha de ver a minha agenda e não a tenho comigo...

booberella disse...

Dum dum, :)

A foto da Birmânia não terá uns pozinhos de Photoshop? Hmm, é demasiado perfeita.

O cachucho não é um cachucho, pá, é um ciclídeo americano, de nome oscar.

Mau, mau.

Bom, bom.

:)

booberella disse...

Sabes o que é um bocejo em ti, Éfe? Quando começas a ser porreiro com um gajo (ou, neste caso, com uma gaja) descambas para a ordinarice primária e dá logo vontade de te mandar para a pqp.

Como já te disse há uns tempos atrás, és um menino, em casa deves ser um santo e falta-te beber muito chazinho.

Vá, agora vai lá para a pqp e, se quiseres, insulta-me à vontade. Make my day.

elias, o agrimensor disse...

É sempre a mesma coisa: onde entra a religião acaba tudo à porrada...

Assento da Sanita disse...

Ah ah ah. O que para aqui vai. O costume: insultos gratuitos, ciúmes, zangas descabidas, manifestações patológicas de arcaicas experiências traumáticas envolvendo o tio no escuro da dispensa, etc.
Mas apreciei a pesquisa do dum dum, pois então.

fpm disse...

AHAHAHAHAH!! MALUUUUUUCA!

dum dum disse...

Oh, booberellaaaaa....!
Eu não sei distinguir um ciclídeo de uma lata de atum Bom Petisco, mas que fiquei todo arrepiado quando vi o sagrado nome de Alá escrito naquelas escamas, lá isso fiquei.

fpm disse...

Bom Petisco, por acaso, é uma equipa de ciclideos... Não estás longe...

ostia si lo era.. disse...

um dia vi a cara de michael landon (q.e.p.d.)num cumuloninbus, começou a chover e parecia mesmo que estaba chorar o gajo .

assiento ,esto sirve para los estudios que en los que andas entretido?

fpm disse...

michael landon?ahahahahahah

booberella disse...

Michael Landon não era o gajo da Casa na Pradaria? luí, francamente. Para o que te havia de dar. :) Mais valia se fosse o Clooney. Olá se valia. Ehheeem! ;)


Raid Casa e Plantas mai-lindo,

Veste mazé uma camisola para não te arrepiares, queste tempo não está pelos ajustes e está a arruinar-me a vindima. :)

PS - O Tenório também é bom. :D

Tenório, o pissalhudo disse...

Obrigado.

Assento da Sanita disse...

Agora por atum. O outro dia via a face de cristo numa pizza do Minipreço. Os olhos eram rodelas de peperoni, o nariz uma rodela de mozzarela e a barba era sangacho de atum. Sorria para mim com aqueles olhos lânguidos, mas não tive coragem de comprar, porque o peperoni trabalha-me no estômago.

fpm disse...

Grande peperoni, pá!

booberella disse...

Olhos lânguidos, assim para o aguado? Isso estava mazé fora do prazo.

E ele (o JC) disse-te alguma coisa? Ou só deixa mensagens no voice mail da Solnada?

:D

fpm disse...

Que mamas... Viram?

claro! disse...

michael landon era un buen noivo para la palin

acho eu

bOCK disse...

Empalinem-na!!!!

ou antes, já tou a ver o landon a baixar as calciñas e a gritar, com a pradaria lá ao fundo: XAMEMPALINÁÁÁ-LAAAAAAAAA!!!!!!

Bock disse...

É deplorável, cona.

Acordem, caralho.

Foda-se!

Bocage disse...

Piolhos cria o cabelo mais dourado;
Branca remela o olho mais vistoso;
Pelo nariz do rosto mais formoso
O monco se divisa pendurado:

Pela boca do rosto mais corado
Hálito sai, às vezes bem ascoroso;
A mais nevada mão sempre é forçoso
Que de sua dona o cu tenha tocado:

Ao pé dele a melhor natura mora,
Que deitando no mês podre gordura,
Fétido mijo lança a qualquer hora.

Caga o cu mais alvo merda pura:
Pois se é isto o que tanto se namora,
Em ti, mijo, em ti cago, oh formosura!