segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Cuidado com os bloggers!



39 comentários:

ostia disse...

que tu mano derecha no se entere de lo que esta haciendo la izquierda...

disse o Senhor não é ?
pios não foi Z Carlos?

Anónimo disse...

Pimba! Mesmo nas nalgas!

Que frouxo...

chOURIÇO

fpm disse...

Frouxíssimo...

elias, o agrimensor disse...

Metade da graça é contar.

booberella disse...

Frouxéssimo.

(É muito mais estimulante não contar de todo. Há casos em que a dúvida é melhor que a certeza.)



(off topic: um mês depois, tenho uma surpresa que ainda não sei bem como responder. Está ainda mais 'tremendamente mágico'. ;) )

booberella disse...

Elias? Tu és quem eu penso que és?

elias o enrabador de curiosos disse...

sim, penso que serei eu...

tobias, o agrião disse...

Sim, é ele mesmo. Confirmo.
E eu, sou mesmo eu, Elias, o agrião, primo do Wanderley, o rabanete, esse devasso!


(ena, tanta vírgula!)

fpm disse...

Eish... que cena...

g2 disse...

Bom dia, vara.

Richard Wright: fundador e teclista dos Pink Floyd, faleceu ontem.

Há outros e talvez mais adequados sítios para falar disto, mas eu sou fã dos "pincaflóide" por isso aqui deixo o meu comentário.

Hoje é dia de os ouvir, para matar saudades.

fpm disse...

Morreu? Azar do caralho.

elias, o agrimensor disse...

Sei lá se sou! Só sei que nada sei, Boobs. E nem disso tenho a certeza.

Anónimo disse...

Sabes que és parvo, o que já não é mau de todo...

elias, o agrimensor disse...

A criatividade destes comentários inibe-me.

tobias, o agrião disse...

Podicrê!

Anónimo disse...

Dass, que camurço...

elias, o agrimensor disse...

Não te martirizes, anónimo. Mesmo camurço, gostamos de ti. Fazes-nos lembrar de como podíamos estar bem pior.

Anónimo disse...

flojos

Anónimo disse...

Vá lá, até um filho do cruzamento dum camião de porcos com uma palete de putas sabe fazer melhor, esforce-se...

elias, o agrimensor disse...

Oh, a verve! A sageza! A criatividade! A educação no trato formal! Agora surpreende-nos e chama-me "paneleiro", vá...

Anónimo disse...

Coisinha mais linda!

booberella disse...

Subscrevo as tuas palavra, Elias...

elias, o agrimensor disse...

35€, fachavor. A subscrição por dois anos fica mais barata, são só 60€.

booberella disse...

Hm..., e vem com o serviço de chá com folha d'ouro? Se não, não quero.

:P

elias, o agrimensor disse...

Ó minh'amiga! Já devia saber que, comigo, tem direito ao serviço completo!

Sagaz disse...

E inclui passar-lhe o corredor a pano?

elias, o agrimensor disse...

Completo é completo. Não fazia sentido deixar de fora do serviço a parte da sobremesa.

booberella disse...

Quê, isto já se tornou num wall de oferta de serviços domésticos?


(G2, grande perda, sem dúvida. Nem percebo porque o abichanadíssimo-mor não posta nada).


Vareta-san, volta, por favor, e escreve daquelas tuas postas lindas. (o volta inclui: volta para a vara e volta para cá, nem que seja só de passagem, para que possamos ver-te, homem). :)

Anónimo disse...

Uau, um "Wall"!! Que fiiinaaaaa!!

elias, o agrimensor disse...

Onde está o Wall?

Anónimo disse...

O Parlamento vai discutir, a 10 de Outubro, dois projectos de lei, do Bloco de Esquerda e do partido "Os Verdes", que permitem o casamento civil entre duas pessoas do mesmo sexo.

Vamos ver o que o Abichanado-mor tem a dizer sobre isto...

chOURIÇO

fpm disse...

Vai dar o sim, com certeza...

elias, o agrimensor disse...

Eu acho mal. Já que se vai mexer nessa nobre instituição, devia-se estender a flexibilidade a outras situações. Devia-se discutir o casamento civil entre duas ou mais pessoas do mesmo ou de vários sexos. E cobravam-se emolumentos por cabeça.

booberella disse...

Já agora, Elias, que tal a criação de um balcão 'casamento pronto' ou balcão 'perdi a cabeça e quero casar-me com a Luciamara e a Irina'?

:D

PS - E quanto é que pagaria de imposto de selo?

Anónimo disse...

Dão-se fodas.

elias, o agrimensor disse...

O balcão de casamento pronto era uma ideia engraçada, misto de "empresa na hora" e "centro de emprego". As pessoas inscreviam-se e casavam com o primeiro disponível que aparecesse (se não houvesse em stock).

(olh'aí o nicho de mercado!)

Isso do imposto de selo acho discriminatório. Os coitados já sofrem que chegue por sê-lo, ter que pagar imposto por cima é muito pouco cristão.

dum dum disse...

Permitir o casamento civil entre duas pessoas do mesmo sexo?
Grande coisa!
Há séculos que todos aprovamos e permitimos o sexo entre duas pessoas do mesmo casamento, o casamento entre duas pessoas sem sexo, o sexo entre duas pessoas sem casamento e o casamento sem sexo entre duas pessoas.
Em quase todos os casos há sempre uma ou duas sogras a foder o juízo a um ou a ambos os cônjuges.
Sobre elas é que o parlamento devia perder o seu tempo a legislar.

E lá terá a Santa Madre Igreja de adaptar o decálogo aos novos tempos, substituindo o nono mandamento que diz:
Não cobiçar a mulher do próximo por qualquer coisa como não cobiçar a mulher da próxima ou o homem do próximo, a não ser que estejais afim de um ménage à trois

Anónimo disse...

Afim, o caralho, ó insecto.

Isso ainda iria descambar em incesto ou algo de semelhante.

É a fim que se escreve, rapaz.

Toma lá cuidado.

chOURIÇO

dum dum disse...

No way!
Mim escrever "afim", porque sim!
Afinfa noutro.