sexta-feira, 26 de setembro de 2008

A canção do Monstro Voador de Esparguete



Para os que desconhecem o contexto da discussão e o explosivo fenómeno global da Igreja do Flying Spaghetti Monster: - segundo os seus seguidores o Monstro é o criador do Universo e de tudo que nele existe. Apesar de ser uma óbvia brincadeira, os seus seguidores nunca o assumem. Esta Igreja foi criada para suportar uma teoria alternativa e num mesmo estauto ontológico que o do embuste pseudo-científico -'creacionismo'.Os seus seguidores reclamaram seriamente tratamento igual no curriculum pedagógico de uma escola secundária americana onde o creacionismo ia ser ensinado a par do evolucionismo científico. Tal foi o eco mediático (sobretudo na internet,mas também nos media, incluindo a CNN) que a carta que os seguidores do Monstro (os pastafarians) enviaram à escola, que a sua direcção recuou na intenção de ceder á pressão dos creacionistas cristãos evangélicos. Para os pastafarians, a recompensa no céu para os justos passa por cerveja a rodos e muitas strippers. No inferno é igual, mas a cerveja é choca e as strippers têm doenças venéreas.

O monstro demiurgo - com os seus olhos de almôndega e apêndices de massa - vem na tradição das entidades absurdas, que uma vez pressupostas, não são susceptíveis de prova de não-existência. O Unicórnio cor-de-rosa e o famoso Bule em órbita de Bertrand Russel, nomeadamente. Veja a página da Igreja do Monstro Voador de Esparguete aqui ou o artigo correspondente da wikipédia.

17 comentários:

Anónimo disse...

Isso não é uma religião milenar e com raízes que marcam a civilização ocidental. Isso é uma espécie de seita que promove as suas crenças mas não tem sequer um livro que os oriente espiritualmente. É uma espécie de IURD, mas não consegue levar a sua avante. e é obviamente uma paródia, claro.

chOURIÇO

booberella disse...

Alguém vai à meia (ou mini) maratona no Domingo?



(acho que vou ler um redondo não. Certo?)

booberella disse...

E agora é que vou ler a posta.

booberella disse...

É tão verdadeira quanto o creacionismo.

A Palin já sabe disso?

Não é um pouco misógino o céu ter 'cerveja a rodos e muitas strippers'?

O Z tem olhos de almôndega e apêndices de massa? :D

Assento da Sanita disse...

Convições e instituições milenares, como o geocentrismo, a geração espontânea, a escravatura, a opressão das mulheres, a guerra religiosa, sim, sim, sei do que falas.

Não tem um livro com milenares contos de fadas da Idade do Bronze, mas tem o Envangelho do Monstro Voador de Espareguete: vê aqui: http://www.amazon.com/Gospel-Flying-Spaghetti-Monster/dp/0812976568?ie=UTF8&s=books&qid=1180375352&sr=8-1

Não é uma seita, é grupo de pessoas que se empenhou na luta contra o obscurantismo religioso (isto é uma redundância...) contemporâneo fazendo-o com humor, parece-me.

Assento da Sanita disse...

Sim boobs, é um pouco misógeno e sexista realmente.

Estou-me aqui a lembrar de um livro que serve de orientação espiritual a milhões de pessoas iludidas que também o é. So what? Para ser uma verdadeira religião tinha de ter esses defeitos, por inerência, ora. Senão quem ia acreditar?

Anónimo disse...

I want to believe!

X-Files.

Novo filme.

O Chris Carter não sabe o que há-de inventa mais.

O AdaS dava um bom screen writer ou argumentista ou lá o que é. Só lhe falta ser homossexual.

Mas ele faz o sacrifício, tenho a certeza.

:)

chOURIÇO

Assento da Sanita disse...

Estou farto deste assunto.

Ora vamos cá ver outro: o facto inelutável e confrangedor de este blogue ser frequentado só por galdérias, paneleiros e por mim. E mais o facto de a minha picha ser muuuuito grande e maior que a dos outros gajos todos, essa corja de invertidos.

Assento da Sanita disse...

Chouras, sabes que o meu pai foi 'camarada' do teu na tropa na Guiné? (Isto sendo verdade, serve para desanuviar a tensão religiosa).

Assento da Sanita disse...

Eram os dois de Beja e da mesma unidade, batalhão ou que raio era.

booberella disse...

De facto, a maior parte das religiões são misóginas e sexistas. E já estou a dar muito tempo de antena a coisas que não existem.

Galdéria é a tia, oh, malcriadão! :)

E com isto despeço-me com amizade e até uma próxima oportunidade.

Bom fim-de-semana, AdaS e chOURAS. :)

Assento da Sanita disse...

E eu também bazo, ò lambisgóia, pois apesar de ateu sou um bom pai e os meus filhos esperam-me. E bazex.

Assento da Sanita disse...

bom fds para vcs tb.

Anónimo disse...

Bom fim-de-semana a vós.

AdaS, mene, temos de falar sobre isso.

chOURIÇO

ostia disse...

galdéria sera a tua prima,
porque eu pane..no sou , nem sou "tu"

boas festas

dum dum disse...

Este prosélito post merece o meu total repúdio.
Toda a gente sabe que os humanos escolhem a sua religião por questões culturais e familiares ou, quando têm algum q.b. de rebeldia e inconformismo, em função das ofertas, bónus e garantias além-vida terrena que as diversas religiões oferecem.

"Strippers e cerveja a rodos"? Francamente, que pinderiquice!

O que é isso comparado com as 70 virgens para usufruto exclusivo ofertadas pelo islamismo?
O que é isso comparado com a fabulosa hipótese de reencarnar num suricata, generosa oferta do budismo?

E pensar que a cerveja servida a rodos possa ser "San Miguel" é motivo suficiente para uma alma se tornar logo agnóstica.
A minha é.

Bock disse...

foda-se, S. Miguel, caralho??? não podias fazer a coisa por menos? Sei lá, mijo de burra, ou assim?