segunda-feira, 30 de junho de 2008

Dor repartida


Se há coisas de que eu gosto, para além de um Tinto Alentejano bem encorpado, é de um Fado que toque cá bem no fundo.
Este, consegue fazê-lo.

35 comentários:

luí disse...

olha qués fadista sandro Re-ostia !

g2 disse...

Meu caro Sandro, gostos não se discutem.

Nunca fui (e não sou!) fã desse fadista, talvez porque, para mim, fado seja, afinal, feminino!

Quanto ao fado que aqui nos trouxeste... Creio que tem uma letra feita para rimar e pouco mais.

Mas eu assumo que sou ignorante em termos de fado porque, para mim, fado foi (alguma) Amália e mais este ou aquele fado, deste ou daquela fadista.

Já no que respeita ao tinto alentejano, fizeste muito bem em o "maiuscular".
Não precisa forçosamente de ser bem encorpado, mas pode sê-lo!

E este post tem uma característica que, essa sim, aprecio: fala de nós!

Não sou xenófobo, mas nos tempos que correm, acho que devemos dar atenção ao que somos e temos e ao que queremos para o futuro.

Porque as coisas apresentam-se difíceis...

:)

Bock disse...

O conamané, ou cumané, como o Sandro gosta de lhe chamar, é o m aior fadista vivo ou morto à face da terra!

Estranhei esta sensibilidade, Sandro, sempre te tive por um gajo que a um fado que tocasse bem lá no fundo, preferia de longe uma foda que tocasse lá bem no fundo, leia-se, na epiglote.

Estás de parabéns pela escolha, grande paneleirão sensível.

Brindemos com um Quinta de Cabriz ao Camané, que o gajo bem merece. eu, que até quase que detesto fado, gosto muito de o ouvir, pela voz e pelaialma.

Disse.

Bock disse...

O conamané, ou cumané, como o Sandro gosta de lhe chamar, é o m aior fadista vivo ou morto à face da terra!

Estranhei esta sensibilidade, Sandro, sempre te tive por um gajo que a um fado que tocasse bem lá no fundo, preferia de longe uma foda que tocasse lá bem no fundo, leia-se, na epiglote.

Estás de parabéns pela escolha, grande paneleirão sensível.

Brindemos com um Quinta de Cabriz ao Camané, que o gajo bem merece. eu, que até quase que detesto fado, gosto muito de o ouvir, pela voz e pelaialma.

Disse.

Bock disse...

Eh, caralho, puta da mine tá a subir cá c'uma força!!!!!







(Hique!)

g2 disse...

Quinta do Cabriz faz-me companhia muitas vezes! À refeição.

Boquito, não te sabia assim tão fanchono.

(Gosto mais de um fadista tipo António Santos, conheces?)

Bock disse...

Só de nome, pá.
Eu é mais gajas, já sabes.

Vagentina Santos
Anália
Mamariza
Konátia Guerreira

... e assim.

Papa disse...

A fanchonice do sandro em todo o seu esplendor.
Para esta posta deu-se ao trabalho de digitalizar o poster que tem no quarto, o cabrão.

É um tal de bater pívias debaixo dos lençóis à conta do nariz do Camané. Um nariz que o sandro ainda não perdeu a esperança de vir a endireitar com a sua longa cavidade rectal...

g2 disse...

Muito bem, papa!

Falaste, tá falado.

Anónimo disse...

Eu cá ia ao cu à Mafalda Arnauth e pronto...

fp&m disse...

Camané é fixe, sim senhor.

O gajo ainda dá no Cola Cao?

g2 disse...

Ora bom dia a todos.

E quando digo a todos, é mesmo a todos, paneleiros ou não!

Anónimo disse...

Bom dia.

Gosto de fado mas em doses muito reduzidas. Não aguento o tom depressivo e lamurioso de muitos fados.

Quanto à vinhaça, epá, gosto dos vinhos alentejanos mas os do Dão são melhores. Ahpoizé, bébés. :)

Beijinhos

booberella

Anónimo disse...

Há gente com muita falta de gosto. E não estou a falar da posta, entenda-se...

chOURIÇO

Anónimo disse...

chOURAS,

Já calculava que dissesses isso, pá.

Então deixa-me com a minha falta de gosto e fica tu com a tua abundância de gosto, tá? :)

(Incomodou-te assim tanto?):D

booberella

Anónimo disse...

chOURAS,

Já calculava que dissesses isso, pá.

Então deixa-me com a minha falta de gosto e fica tu com a tua abundância de gosto, tá? :)

(Incomodou-te assim tanto?):D

booberella

Anónimo disse...

(desculpem lá os soluços)


booberella

fp&m disse...

Incomodou-o a ele e incomodou-me a mim. Não havia necessidade, acho eu...

Anónimo disse...

Do fado, pá, não falo. Agora do vinho...

Que falta de gosto...

E, se já calculavas, porque é que não avisaste com antecedência?

chOURIÇO

fininho disse...

ah fadistas!

mas realmente! do Dão!!!? só se for Quinta Cabriz... funil no cu do Sandro, e despejar garrafas lá para dentro.

fininho disse...

Comparar Dão com Alentejo ou com outros Douros é o mesmo que comparar o cu do Sandro com as mamas da D. Antónia, ora foda-se!

fp&m disse...

E achas que alguém daqui conhece o cagueiro do Sandro, além de ti? Quando muito, as mamas da D.Ermelinda, foda-se!

Anónimo disse...

Babes,

Não disse que não gostava de vinhos alentejanos. Disse que, para mim, os do Dão são melhores.

Epá, também gosto de Terras do Sado, Ribatejanos, o Porches do Algarve, e, admirem-se!, (por não ser patriota) os italianos, os franceses, os da África do Sul, da Califórnia e Chile.

Fosga-se, pás. Só porque os vinhos alentejanos de há uns anos para cá estão na moda, tenho que ir atrás dos gostos da maioria? Que chatos, pás.



booberella

fp&m disse...

Esta gaja é incrível...

Anónimo disse...

De maus gostos está o Mundo cheio, Eça é que é Eça...

Ou da falta de gosto, tanto nas escolhas, como no palato.

chOURIÇO

fp&m disse...

De facto, gostos não se discutem, mas daí até dizer que os vinhos do Dão são melhores que os do Alentejo...

fininho disse...

O Porches do Algarve é altamente, pá! um gaijo bebe dois copos e vrruuuummmmmm é sempre assapar, já... os do Ribatejo são bons para pegar toiros... Ehi toira linda! já os do Sado, pergunta ó sandrine, são bons para boiar na marina dos ferrys para Troia...

Anónimo disse...

Mas vocês afinam assim tanto com o que eu escrevo aqui?

:D

Não admira que fiquem muitas vezes aqui sozinhos a comparar pilinhas. :D

booberella

Anónimo disse...

Não há nada como uma saída fácil: lançar a confusão é muito mais perturbante do que conseguir defender um ponto de vista.

Continua assim, boobies, e auguro-te um futuro político mediana e comedidamente brilhante. Assim como o Sócras, não sei se tás a ver quem é...

chOURIÇO

fp&m disse...

(Ela quer é saber qual é a maior)

Anónimo disse...

ChOURAS,

Não vejo qualquer necessidade de defender o meu ponto de vista. Lá porque não concordas tenho que estar aqui a defender as razões porque gosto de outros vinhos para além dos alentejanos?

Epá, tenho mais que fazer, homem.

Quanto à boca sobre o Sócras, estás à vontade. É para o lado que durmo melhor.


PS - chOURAS, estás sempre a implicar comigo, pá.


booberella

fininho disse...

Quando não é contigo é com outra qualquer... com gaijas, o hombre não grama de gaijas e prontos.

(foda-se, mas bebes cada surrapa!)


De vinhos franceses e italianos não falo, porque eles há-os de alta estirpe e gabarito, já os californianos, à conta de castas importadas e enólogos europeus pagos a peso de ouro, estão a fazer vinhos ao nível dos melhores… tenho dito cona, e não torno a faladar mais neste assunto mamas… a seguir só se for para buber, vinho e água da cascata.

fp&m disse...

Vinhos é no post seguinte, CARALHO!

fininho disse...

Para mim é CONA!

fp&m disse...

Uma CONA Touriga? Ou PAXAXA Merlot?